Política

Mesa Diretora da Câmara acata decisão do TSE e cassa mandato de Boca Aberta

16/09/2021 17h30
O ex-deputado Boca Aberta, em sua última fala no púlpito da Câmara dos Deputados, em 16 de setembro de 2021
Mesa Diretora da Câmara acata decisão do TSE e cassa mandato de Boca Aberta

A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados cassou, por unanimidade, o mandato do deputado Emerson Petriv, conhecido como Boca Aberta (PROS-PR). A decisão da mesa, presidida por Arthur Lira (PP-AL), atende a uma decisão tomada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 24 de agosto.

Boca Aberta foi afastado do cargo pelo Judiciário após  a cassação da liminar que permitiu a ele se candidatar em 2018. O deputado, conhecido por sua postura estridente e pela pouca produção legislativa, também respondia a um processo no Conselho de Ética da Câmara, que se encaminhava também para a sua cassação.

O relator do caso do Conselho de Ética, Alexandre Leite (DEM-SP), que chegou a ser ameaçado por Boca Aberta , pediu hoje no plenário que o broche que identifica o deputado cassado como parlamentar seja recolhido. "Não é passível nem possível que este cidadão tenha acesso a todas as dependências da Casa que o bottom lhe confere", disse.

Nesta quarta-feira (15), o agora ex-deputado cercou Alexandre Leite no corredor da Câmara, e fez acusações diretas a ele e sua família, que também inclui políticos influentes na cidade de São Paulo. O democrata se disse "entristecido" pelo fato, e disse que a agressão verbal motivará novos processos contra Boca Aberta, movido por ele e por sua família.

"Receberá mais [processos] da minha parte e da minha família, por calúnia, injúria e difamação", indicou Leite. "Tenho certeza que à prisão retornará, e que lá possa fazer um juízo da sua conduta como parlamentar e - ao contrário do que desejou à minha família, ao meu irmão e ao meu pai - eu desejo à sua esposa, que é vereadora e a seu filho, que é deputado estadual no Paraná, que exerçam um bom mandato e que possam ser eles um bom exemplo ao marido e pai."

No lugar de Boca Aberta, assumirá em até 24 horas o suplente, deputado Osmar Serraglio (MDB-PR).

Autor: Guilherme Mendes

Fonte: congressoemfoco.uol.com.br