Política

Comandante do Exército alerta tropa a ter 'muita cautela com o que circula nas mídias sociais'

18/09/2021 09h20
General Paulo Sérgio afirma ainda aos subordinados que os superiores estão investidos de autoridade para fazer a 'leitura dos fatos' a eles
Comandante do Exército alerta tropa a ter 'muita cautela com o que circula nas mídias sociais'

BRASÍLIA — Num vídeo de oito minutos, o comandante do Exército, general Paulo Sérgio Oliveira, enviou uma mensagem para os cerca de 220 mil militares, no qual alerta a tropa para cuidados com as informações que circulam nas mídias sociais e reforça o compromisso de hierarquia e disciplina.

O general pede na mensagem que seus subordinados confiem na "leitura" que seus superiores fazem dos acontecimentos do país.

"Vivemos em um ambiente informacional, dinâmico e volátil. Nesse espaço, flui um volume  avassalador de informações. Conseguir processar tamanha quantidade e delas extrair os conteúdos mais fiéis exige busca da verdade dos fatos", diz o general, que, na sequência faz o alerta aos militares.

"Por isso, muita cautela com o que circula nas mídias sociais. Analise com critério e faça a correta interpretação do que acessam ou recebem, mas principalmente confiem ainda mais nos seus comandantes e chefes em todos os escalões hierárquicos. Eles estão investidos de autoridade e responsabilidade para transferir a vocês a leitura mais profissional e ética dos acontecimentos. Além de orientá-los no correto caminho a seguir."

No filmete, o general exata a participação dos militares no 7 de Setembro, elogia a atuação nos desfiles enquanto as imagens exibem também todo o arsenal do Exército, como tanques e blindados. O general Paulo Sérgio diz no vídeo que o Exército continua "firme no cumprimento de suas missões constitucionais".

Nas últimas semanas, o presidente Jair Bolsonaro fez discursos contra as instituições e sempre citava que o "seu" Exército estava de prontidão para agir, se necessário. Bolsonaro chegou a realizar um desfile de tropas fora de época, quando blindados da Marinha passaram em frente ao Palácio do Planalto, em 10 de agosto. O evento foi visto como uma afronta ao Congresso Nacional, que estava prestes a votar a emenda constitucional do voto impresso.

O comandante do Exército afirmou que a força tem o apoio da sociedade e encerrou sua fala à tropa com um "Brasil acima de tudo!",  parte do slogan de campanha de Bolsonaro.

Autor: Evandro Éboli

Fonte: oglobo.globo.com