Polícia

Policiais civis da Delegacia de Penedo prendem gestante de oito meses por tráfico de drogas

22/06/2012 12h16
Policiais civis da Delegacia de Penedo prendem gestante de oito meses por tráfico de drogas
Policiais civis da Delegacia Regional de penedo, comandados pelo Delegado Rubem Natário, prenderam na noite de ontem (21), a jovem MARIA ELIEGE DOS SANTOS, 23 anos, gestante no seu oitavo mês. A ELIEGE quando da entrega da alimentação, direcionada ao preso WELLINGTON PEREIRA DA SILVA, vulgo BOB, tentou repassar aproximadamente 50 gramas de MACONHA PRENSADA que estavam guarnecidos dentro dos pães. A gestante foi presa em estado de flagrância pela prática do crime de TRÁFICO DE DROGAS, caso condenada poderá permanecer presa de 5 a 15 anos. [caption id="attachment_30301" align="alignright" width="221" caption="material apreendido"][/caption] A ELIEGE disse ao Delegado Rubem Natário em seu interrogatório que adquiriu a droga pelo valor de R$ 150,00 na feira livre de Arapiraca, junto à pessoa não revelada, isto na tarde de ontem. Sem família e/ou contatos em PENEDO, a ELIEGE que é “mulher da vida” foi acompanhada por servidoras da assistência social do município. O preso de vulgo BOB confirmou a versão da autuada. WELLINGTON PEREIRA DA SILVA foi preso pela polícia civil meses atrás, envolvido também com o TRÁFICO DE DROGAS em PENEDO. Criminalidade em Penedo Na contra mão do Estado de Alagoas, PENEDO hoje, dia 22, completa 57 dias sem registros de HOMICÍDIO DOLOSO. O trabalho ministrado pelo Delegado Rubem Natário e sua equipe, em conjunto com o 11º Batalhão de Polícia Militar, comandado pelo Coronel Valdeir, surte efeitos positivos, com a redução mês a mês da criminalidade. “A doutrina empregada pela gestão do Secretário de Segurança Pública, Cel. Dário César, de união das forças públicas no combate da criminalidade, é empregada na prática em PENEDO, desde quando retornamos os trabalhos nesta Delegacia Regional em janeiro de 2011. Hoje vivenciamos em PENEDO, como prova da visão correta do Cel. Dário César, a união da Polícia Militar e da Polícia Civil”, frisou o Chefe de Operações Policiais da 7ª DRP Carlos Welber.

Autor: Raul Rodrigues