Polícia

Polícia prende mulher condenada por morte de PM em assalto em Maceió

23/09/2021 17h03
Mulher estava cumprido pena em regime aberto, mas teve prisão decretada pela Justiça. Policial foi baleado dentro de um micro-ônibus durante assalto no Pontal da Barra em 2013.
Polícia prende mulher condenada por morte de PM em assalto em Maceió

A Polícia Civil de Alagoas prendeu nesta quinta-feira (23) uma mulher condenada por ter participado do assassinato do sargento da PM Luis Borges da Silva em julho de 2013. Ele foi morto ao reagir a um assalto a um micro-ônibus que fazia transporte alternativo na linha Maceió/Marechal Deodoro.

A prisão aconteceu após mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça. Três pessoas já haviam sido presas. Ao g1, o delegado Nivaldo Aleixo, contou que a acusada estava respondendo pelo crime em regime aberto e que usava tornozeleira eletrônica.

"Ela ficou presa por um ano em regime fechado, mas depois respondeu em liberdade. Ela sempre morou no mesmo endereço e estava usando as tornozeleiras. Mas com esse mandado ela precisa voltar ao presídio", contou.

Segundo o delegado, ela não resistiu à prisão. "Ela ganhou neném faz pouco tempo, acho que não tem uma semana. Ela vai ser encaminhada para o presídio feminino ainda hoje", completou.

 

Relembre o caso

Sargento da PM/AL, Luis Borges da Silva, foi morto ao reagir a assalto em micro-ônibus em 2013 — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Segundo informações do 1º Batalhão da Polícia Militar, que registrou a ocorrência na época, três homens vestidos de garis e uma mulher entraram no veículo para anunciar o assalto.

Testemunhas informaram que o militar reagiu e ficou gravemente ferido após trocar tiros com os assaltantes. Ele não resistiu aos ferimentos.

Autor: Vivi Leão, g1 AL

Fonte: g1.globo.com