Polícia

Perseguição termina com um suspeito morto, dois presos e outro baleado em frente ao Palácio Guanabara

23/05/2017 02h20
Normalmente Palácio do Governo tem policiais na segurança
Perseguição termina com um suspeito morto, dois presos e outro baleado em frente ao Palácio Guanabara

Uma perseguição terminou com um homem suspeito morto, outros dois presos, além de um adolescente ferido, na noite desta segunda-feira, em frente ao Palácio Guanabara, sede do Governo Estadual, em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio. De acordo com policiais militares, a ação, que aconteceu por volta das 23h30m, começou em Botafogo e se estendeu até Laranjeiras, onde o cerco foi fechado e os integrantes do bando foram capturados.

Segundo informou a corporação, cinco homens estavam à bordo de um carro de cor preta, realizando roubos na região de Botafogo. Uma patrulha da Polícia Militar teria sido acionada na Rua General Polidoro por um casal que teria sido abordado pelos bandidos. A perseguição começou em seguida.

Os suspeitos que estavam no automóvel dispararam contra a patrulha de policiais, que responderam ao ataque, informou a PM. A perseguição se estendeu até a Rua Pinheiro Machado, no sentido Túnel Santa Bárbara, altura do palácio, onde os homens tentaram escapar do carro.

Na ação, um homem morreu e um adolescente, que também integrava o bando, foi baleado. Ele foi socorrido e levado para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro.

Outros dois suspeitos foram capturados ainda na Rua Pinheiro Machado e um quinto integrante do bando conseguiu escapar. Ele, ainda conforme informações de policiais, teria levado a arma utilizada pelos suspeitos. A identidade de nenhum deles foi revelada.

Durante a madrugada desta terça-feira, o veículo utilizado pelo bando ainda estava na Rua Pinheiro Machado. Havia marcas de disparos no carro. A Polícia Civil foi acionada e agentes foram até o local para a realização da perícia. O sentido túnel da via, na ocasião, ficou parcialmente interditado ao tráfego.

Na perseguição, nenhum policial ficou ferido. O caso, preliminarmente, foi levado para a 9ª DP (Catete). A ocorrência, segundo a PM, dese ver encaminhado para a Delegacia de Homicídios (DH) da Capital. A princípio, o automóvel utilizado pelos criminosos não era roubado.

Autor: Rafael Nascimento

Fonte: Globo.com-Extra