Polícia

Pai atropela filho de 1 ano ao tirar carro da garagem em Arapiraca

28/10/2021 07h48
Criança sofreu apenas um arranhão no joelho e não precisou ser levada para hospital.
Pai atropela filho de 1 ano ao tirar carro da garagem em Arapiraca

“Foi um livramento, um milagre”. Foi assim que o empresário Sílvio Araújo, de 35 anos, descreveu a situação que passou com seu filho de 1 ano e 10 meses. Ele retirava o carro da garagem de casa, em Arapiraca, no Agreste de Alagoas, mas não percebeu que o pequeno Arthur seguia o veículo e acabou o atropelando. A criança sofreu apenas um arranhão no joelho.

O vídeo viralizou nas redes sociais nesta quarta-feira (27), mas o acidente aconteceu no sábado (23). Uma câmera de circuito interno gravou o momento em que o carro bate na criança e por pouco não passa por cima. Outro carro que passava na hora começa a buzinar e o pai freia sem entender o que estava acontecendo.

Em contato com a reportagem do g1, Araújo explicou que a família se preparava para sair e ele foi na frente para retirar o carro.

Na casa estavam a babá, a esposa e a filha mais velha, de 7 anos. A esposa do empresário foi até o carro e voltou para dentro de casa. Nesse momento, a criança ficou na garagem e o pai, que já estava dentro do veículo, não a viu por causa da altura do carro.

“Eu pensei que meu filho tinha voltado, mas não, ele ficou perto tentando empurrar o carro, simulando uma brincadeira, mas eu não vi. Eu tava dando a ré, e eu não percebi. Esperei alguns carros passarem e mesmo assim eu não vi que ele estava na frente do carro. Foi no momento que minha esposa estava saindo de casa e algumas pessoas em um carro ficaram buzinando, e eu não entendia”, relatou Araújo.

Segundo o empresário, as pessoas que buzinaram no momento do atropelamento não são conhecidas. Araújo lembra apenas que ouviu um som de buzina muito forte, viu o movimento dos ocupantes do outro veículo e freou.

“Foi nesse momento que parei de dirigir. Foi um susto. Fiquei sem reação, imóvel, não consegui identificar as pessoas, parei completamente. O único movimento que consegui fazer foi baixar o vidro. Passou um filme na minha cabeça. Depois, com um tempo, consegui tirar o carro da rua. Aprendi muito com isso. Gratidão a Deus e às pessoas que buzinaram, eles são os verdadeiros heróis, anjos disfarçados de homens”, disse Araújo.

O menino chegou a cair na pista, mas foi retirado rapidamente pela mãe. Arthur não precisou ir ao hospital e passa bem, segundo o pai, que fez um alerta para as pessoas.

“Ficou o alerta para outras pessoas que tem filho em casa, animais de estimação também, que tenham o máximo de atenção. Deixem as crianças em segurança em casa antes de qualquer coisa. Eu aprendi muito, foi um livramento de Deus, uma demonstração de um milagre”.

Autor: Jamerson Soares*, g1 AL

Fonte: g1.globo.com