Polícia

Operação prende acusados de tráfico de drogas no Sertão de Alagoas

26/09/2012 09h16
Batizada de Forquilha, a ação teve foco na desarticulação de um bando que atua no tráfico de drogas na região do Sertão alagoano.
Operação prende acusados de tráfico de drogas no Sertão de Alagoas

Pelo menos 15 pessoas foram presas na manhã desta quarta-feira (26) numa mega operação desencadeada pela Policia Civil nas cidades de Batalha, Canapi e Pão de Açúcar, no alto Sertão de Alagoas. Os agentes cumpriram 20 mandados de busca, apreensão e prisão expedidos pelo juiz da comarca de Canapi, Geraldino Amorim.
Batizada de Forquilha, a ação teve foco na desarticulação de um bando que atua no tráfico de drogas na região do Sertão alagoano. Até o momento, 15 pessoas foram presas e outras três foram detidas para averiguação.
Os presos, acusados de tráfico de drogas, foram encaminhados para 3º Delegacia Regional de Policia, em Batalha. Entre eles já foram identificados José Vital Correia Lima; Valmir Vieira da Silva, conhecido por “Galeguinho”; José Marcelo Santos, o “Bidu”; Alexandre Nunes de Gusmão, o “Sandrão”; Valmir Vieira da Silva, vulgo “Miminho” também responderão por porte ilegal de armas.
Outros dois presos estão sendo encaminhados para 1ª DRP, de Delmiro Gouveia. Até o momento foram autuados Eraldo Tenório da Silva, o “Genro de Lino” e Jedivaldo Barbosa dos Santos, conhecido por “Índio”, que foi flagrado com duas espingardas. Os outros presos ainda estão sendo conduzidos de Canapi a regional.
A polícia ainda apreendeu uma grande quantidade de maconha, armas e munição. "Vimos que temos uma quantidade considerável de drogas, mas ainda não sabemos detalhar números", explicou o delegado Robervaldo Davino, diretor de Polícia Judiciária da Área 1, que coordena as equipes que atuam no Sertão.
A operação tem a  participação dos delegados Rodrigo Cavalcante e Sandro Marcelo, de Pão de Açúcar; Rômulo Monteiro, de Batalha e Rosivaldo Viilar, de Santana do Ipanema.
Estão participando da ação policiais militares, Corpo de Bombeiros, Tigre (Tático Integrado de Grupamento de Resgates Especiais da PC) e Operação Asfixia. O helicóptero da Força Nacional também foi acionado.

Autor: Redação/Assessoria

Fonte: Tudonahora