Polícia

Operação prende acusado de atentado contra magistrado

24/03/2012 09h06
Operação prende acusado de atentado contra magistrado
Policiais Militares da 2ª Companhia de Novo Lino, juntamente com uma guarnição do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), além do Serviço de Inteligência da PM estão desde as primeiras deste sábado (24) deflagrando uma operação para cumprir mandados de prisão na cidade de Joaquim Gomes e prenderam o acusado de planejar o assassinato do magistrado Hélio Pinheiro Pinto. A ação que foi comandada pelo tenente Fernando Maia, tinha como objetivo cumprir 13 mandados de prisão, expedidos pela juíza Carolina Sampaio Valões, contra um grupo acusado de praticar diversos crimes e traficar drogas na cidade de Joaquim Gomes e região. Na ocasião foram presos Laércio Rocha dos Santos, 33 anos, e seu pai, Laudelino Rocha dos Santos, de aproximadamente 60 anos. Laudelino no momento da abordagem estava portando um revólver calibre 38 com três munições intactas. Laércio dos Santos é considerado que já estava sendo procurado, é acusado de liderar o tráfico de drogas e ter participação em diversos homicídios. Pesa contra ele, inclusive, a acusação de arquitetar um plano para matar o juiz da comarca de São Miguel dos Campos, Hélio Pinheiro Pinto, em virtude de sua forte atuação no combate ao tráfico de drogas e ao crime organizado na região. Por conta do atentado, o juiz Hélio Pinheiro foi beneficiado segurança individualizada, após autorização do Conselho Estadual de Segurança (Conseg), em virtude desta ameaça. No momento da prisão, Laércio dos Santos afirmou que a arma apreendida com seu pai era de sua propriedade, no entanto, ambos foram encaminhados para a Delegacia Regional de Novo Lino, onde estão foram autuados em flagrante. Por: www.cadaminuto.com.br  

Autor: Thiago Sobral