Polícia

Morte encomendada é o que parece ser o assassinato

06/08/2012 18h29
Assassinato tem requintes de crime violento
Morte encomendada é o que parece ser o assassinato

A jovem Genilda da Silva funcionária do Supermercado Ki barato de Penedo, filha de Raimundo Queiroz e Francisca Queiroz, moradora da Rua São José, Nº 61, Bairro do Raimundinho, Centro Histórico, foi assassinada por volta das 20 horas, na porta da sua residência quando chegava a sua casa após um dia de trabalho.
Os algozes da vítima fatal foram dois motoqueiros não identificados, de moto também identificada, que disparam vários projéteis contra Genilda que teve morte instantânea.
Os assassinos se evadiram do local sem deixar quaisquer marcas que possam levar a identificá-los.
A Polícia Civil que está no local ainda não tem nenhuma linha de investigação para explicar o crime.

Autor: Redação

Fonte: Com informações da PC