Polícia

Justiça decide manter Toni Bandeira preso

19/01/2012 19h23
Justiça decide manter Toni Bandeira preso
O juiz João Dirceu, da 8ª Vara Criminal da Capital, decidiu, nesta quinta-feira (19), manter a prisão do empresário Antônio de Pádua Bandeira, o Toni Bandeira, apontado por envolvimento no seqüestro e morte da estudante Giovanna Tenório, em junho de 2011. Segundo o magistrado, Toni vai continuar preso porque descumpriu as medidas cautelares determinadas pela Justiça. “Decidi mantê-lo preso por descumprir as cautelares, principalmente, em relação ao recolhimento até sua residência. Toni deveria se recolher até as 22h, mas por algumas vezes chegou em casa após o horário determinado”, explicou o magistrado. Nessa quarta-feira, o promotor de Justiça Flávio Gomes da Costa Neto, do Ministério Público do Estado de Alagoas, entregou parecer contrário a soltura de Toni Bandeira ao juiz João Dirceu. Toni Bandeira retornou a prisão no dia 28 de dezembro, depois que violou regras da liberdade condicional. Ele e a esposa Mirella Granconato são acusados de envolvimento no assassinato da estudante Giovanna Tenório, em junho do ano passado. Por: Gazetaweb

Autor: Redacao