Polícia

Frentista morre esfaqueado e atropelado em Osasco

31/05/2017 04h02
Grupo de portugueses são os autores material do crime
Frentista morre esfaqueado e atropelado em Osasco

Um frentista de 62 anos morreu na madrugada de ontem após ser agredido por um grupo de portugueses, em um posto de gasolina, na avenida dos Autonomistas, em Osasco (Grande SP).

Agenor Corrêa recebeu uma facada nas costas e foi atropelado pelos agressores.

O crime teria ocorrido depois de uma discussão entre os cinco portugueses (dois de 30 anos, um de 24, um de 26 e um de 59) com Corrêa.

Eles estavam consumindo bebida alcoólica do lado de fora da loja de conveniência e teriam mexido na mochila do funcionário do posto, que reclamou.

Na sequência, segundo testemunhas, eles passaram a agredi-lo.

Autor: Emerson Vicente

Fonte: agora.uol.com.br