Polícia

Exército destrói mais duas mil armas apreendidas pela polícia

28/09/2012 05h18
Além da apreensão das armas, foram divulgados resultados das outras ações que compõem o programa Brasil Mais Seguro - Alagoas.
Exército destrói mais duas mil armas apreendidas pela polícia

Após o lançamento do Plano de Prevenção à Violência Contra a Juventude Negra, o Exército Brasileiro destruiu 2 mil armas apreendidas pelos policiais alagoanos nos últimos três meses. Além de serem retiradas de circulação, as armas apreendidas representam bonificação aos policiais, que são compensados financeiramente pelo trabalho preventivo.
Além da apreensão das armas, foram divulgados resultados das outras ações que compõem o programa Brasil Mais Seguro - Alagoas. A capital de Alagoas e Arapiraca, a segunda maior cidade do Estado, juntas, diminuíram pela metade o número de homicídios praticados desde o lançamento do programa, há exatamente três meses. O resultado positivo foi fundamental para a implantação de mais um projeto que pretende proteger os jovens negros da violência.
Segundo Eduardo Cardozo, o trabalho de segurança que vem sendo realizado em Alagoas está focado na diminuição de homicídios e também tem dado respostas concretas na elucidação de crimes praticados antes do Brasil Mais Seguro. Ele citou o esforço das polícias na conclusão de inquéritos que passou de 3% para 17%.
“É um número da Suíça! É natural da democracia que tenhamos divergências, mas também estamos engajados neste programa que é lançado hoje. Transformaremos Alagoas numa terra de paz”, garantiu.
Para o secretário da Defesa Social de Alagoas, Dário Cesar, o que está acontecendo na segurança pública de Alagoas representa vidas poupadas. “São muitas pessoas que não entraram para as estatísticas de vítimas de violência. Diminuir os homicídios em Alagoas é garantir que os alagoanos tenham segurança e paz”, frisou.

Autor: Agência Alagoas

Fonte: Alagoas 24hs