Polícia

Caso Bárbara: Família oferece recompensa por pistas de suspeito

25/09/2012 15h49
O valor da recompensa não foi divulgado, mas a família afirma que aqueles que apresentarem informações concretas sobre o esconderijo de Otávio receberá uma quantia em dinheiro.
Caso Bárbara: Família oferece recompensa por pistas de suspeito

A família da vendedora Bárbara Regina, desaparecida desde o dia 1º de setembro, está oferecendo recompensa para quem informar o paradeiro de Otávio Cardoso da Silva Neto, acusado de assassinar a jovem estrangulada e com golpes de punhal.
O valor da recompensa não foi divulgado, mas a família afirma que aqueles que apresentarem informações concretas sobre o esconderijo de Otávio receberá uma quantia em dinheiro.
Parentes de Bárbara criticaram a morosidade da Polícia Civil em solucionar definitivamente o caso e ameaçam utilizar as informações apuradas pela família para capturá-lo por contra própria.
"Já sabemos o endereço do indivíduo - e não é só um. Já sabemos os nomes de seus familiares e etc. Estamos recebendo a toda hora informações sobre o seu paradeiro, informações concretas de fontes seguras. No entanto, nada foi feito a respeito, ao menos é isso que parece, pois não estamos vendo movimentação nenhuma da polícia. Senhor delegado Antônio Nunes será que teremos assim como a família do médico fazer passeata para que o senhor prenda esse meliante ou teremos que fazer nós mesmos", desabafou uma tia de Bárbara por meio de sua página no Facebook.
Na semana passada, a Cúpula da Polícia Civil convocou a imprensa alagoana para apresentar a conclusão do inquérito. Nos autos, a PC informa que Bárbara foi assassinada por Otávio após saírem de uma boate na Ponta Verde.
A versão foi confirmada em depoimento por um amigo de Otávio, que afirmou ter conversado com o acusado após o crime e ele teria confessado o assassinato. O motivo seria a recusa da vítima em manter relações sexuais com o acusado.
Mesmo com o inquérito concluído, a PC ainda não conseguiu prender o acusado e nem encontrar o corpo de Bárbara.
Aqueles tiverem informações sobre envolvido no crime ou o local exato do corpo de Bárbara devem entrar em contato através do 181 da Polícia Civil ou com a família pelos telefones (82) 88033757 ou 91287003. A identidade será mantida em sigilo.

Autor: Priscylla Régia

Fonte: Alagoas 24hs