João Ferreira da Silva - Irmão João
Vereador de PenedoJoão Ferreira da Silva - Irmão João

Vereador Irmão João relata situação de Penedo sobre as chuvas e faz duras acusações

Discurso forte com duras cobranças indicam sinais de alerta

Vereador Irmão João relata situação de Penedo sobre as chuvas e faz duras acusações

Usando o expediente da tribuna em sessão ordinária da última quinta-feira, 09/05, do poder legislativo de Penedo, em sua sede localizada na Praça Barão de Penedo, Nº 36, Centro Histórico, o vereador Irmão João afirmou que está acompanhando os fatos na cidade em relação às chuvas, assim como todos os vereadores, e todos têm pedido providências. Ele destacou que para realizar os serviços é necessário ter capacidade e responsabilidade, pois o que está acontecendo na Campos Teixeira, parte baixa e Jatobá já se tornou um problema recorrente, sendo tentada uma solução todos os anos, porém, sem sucesso. Ele ressaltou que quem está sofrendo com isso é a população local, especialmente os moradores da parte baixa, que têm perdido móveis devido às inundações anuais.

O vereador mencionou também os relatos semanais do vereador Val das Bananas sobre os problemas do bairro Ouro Verde, e que recentemente ele e outros vereadores passaram por lá para mostrar preocupação e solidariedade com o que está acontecendo na cidade. Ele enfatizou a importância da cobrança da obra no Ouro Verde, argumentando que onde há seres humanos, deve-se providenciar infraestrutura para garantir uma melhor qualidade de vida. Irmão João observou que foi iniciado um trabalho de drenagem no bairro, mas criticou a falta de planejamento adequado por parte de uma empresa responsável pela construção do conjunto habitacional, que realizou a obra sem um projeto de saneamento adequado e nivelamento das casas, o que tem contribuído para os problemas enfrentados atualmente.

O vereador destacou que não é apenas o Ouro Verde que enfrenta esses problemas, mas também outros bairros da cidade. Ele elogiou a iniciativa do prefeito em lidar com a situação em diversos bairros, mas encerrou suas palavras cobrando responsabilidade da empresa que construiu o Ouro Verde pelos erros cometidos.

Creditos: Assessoria