Mundo

PF indicia 17 pessoas e 2 empresas por vazamento da Chevron

22/12/2011 05h48
PF indicia 17 pessoas e 2 empresas por vazamento da Chevron

A Polícia Federal indiciou por crime ambiental 17 pessoas e as empresas Chevron e Transocean pelo vazamento de óleo na Bacia de Campos, no Rio de Janeiro, em novembro. Entre os indiciados está o presidente da Chevron no Brasil, George Buck. Do grupo, 16 pessoas responderão também por falsidade ideológica, já que a PF entendeu que elas sonegaram informações sobre o derramamento. As informações são do Jornal Nacional.

Segundo a investigação, a causa do vazamento foi excesso de pressão no poço. Para a polícia, as duas empresas assumiram o risco do acidente ao recorrerem a perfurações temerárias, e agiram de forma "leviana e irresponsável" ao perfurarem um poço que não podia e não devia ter sido perfurado. A Chevron informou que o relatório da PF não reflete a resposta que a empresa deu ao incidente. Já a Transocean declarou que os indiciamentos não têm fundamento.

 

Jornal do Brasil

 

Autor: Redacao I