Mundo

Novo acidente em linha da CPTM mata dois funcionários

03/12/2011 05h56
Novo acidente em linha da CPTM mata dois funcionários

Dois funcionários da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) morreram atropelados por um trem na manhã de ontem, em Barueri (Grande SP).

Os assistentes de serviço Edgar Antonio Dalbo, 55 anos, e Antonio Camilo Severino, 63 anos, foram atingidos pelas costas ao inspecionar trilhos na linha 8-diamante, entre as estações Barueri e Antônio João.

Este é o segundo caso em cinco dias em que funcionários da CPTM morrem atropelados.

No último domingo, as vítimas foram dois engenheiros e um técnico, que estavam na linha 11-coral.

O trem que atingiu Dalbo e Severino voltava de Barueri e seguia para Presidente Altino, em Osasco, na contramão.

Os vagões estavam vazios, pois o trem iria passar por uma inspeção derotina.

Resposta

Evaldo José dos Reis Ferreira, gerente-geral de manutenção da CPTM, afirmou ontem que as duas vítimas não deveriam andar sobre os trilhos, pois a inspeção é feita pelas laterais da linha. No acidente de domingo, a companhia também responsabilizou os três mortos.

"São funcionários com mais de 30 anos, eles sabiam disso", afirmou, referindo-se aos funcionários mortos ontem.

Ele também disse que a circulação de trens na contramão está "implícita" na rotina dos trabalhadores. Ainda de acordo com Ferreira, todo acesso aos trilhos é controlado. Sobre o trem que estava na contramão, ele afirmou que o procedimento é normal, desde que seja feito fora dos horários de pico.

"É uma rotina normal na CPTM, os funcionários são treinados. Os trens podem circular nos dois sentidos, todos têm consciência disso", afirmou.

 

Agora.com

Autor: Redacao I