Mundo

Migrantes morrem em barco superlotado no Mediterrâneo ao tentar chegar à Europa

26/01/2022 16h08
Ao menos sete pessoas morreram de hipotermia em embarcação que ficou à deriva a 50 km da ilha de Lampedusa, na Itália.
Migrantes morrem em barco superlotado no Mediterrâneo ao tentar chegar à Europa

Pelo menos sete pessoas morreram ao tentar migrar para a Europa pelo Mediterrâneo em um barco superlotado, informou a Guarda Costeira italiana na terça-feira (25).

Pelo menos 280 pessoas ocupavam uma embarcação precária que ficou à deriva a cerca de 50 quilômetros da ilha de Lampedusa, na Itália

Segundo relato das autoridades italianas, o mar estava bastante agitado no momento do resgate e ao menos três pessoas já estavam mortas.

Quatro dos migrantes foram levados a um hospital da região com hipotermia, mas não resistiram.

Hipotermia é quando o corpo perde muito calor, e nesta época do ano a travessia do Mediterrâneo se torna ainda mais perigosa por conta do inverno no Hemisfério Norte.

 

Segundo a Guarda Costeira, a maioria dos imigrantes que estava a bordo da embarcação vinha do Egito, no norte da África ou de Bangladesh, no sul da Ásia.

Autor:

Fonte: g1.globo.com