Geral

Presidente da CPI diz que informação 'extraoficial' é que Pazuello não irá a depoimento

04/05/2021 17h57
Senador disse que foi informado de que Pazuello teve contato com dois coronéis infectados com Covid
Presidente da CPI diz que informação 'extraoficial' é que Pazuello não irá a depoimento

O senador Omar Aziz (PSD-AM), presidente da CPI da Covid, disse na abertura da sessão desta terça-feira (4) que o depoimento do ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, deve ser adiado. O depoimento de Pazuello está marcado para a quarta-feira (5).

Aziz disse que foi informado de que Pazuello teve contato com dois coronéis infectados com Covid e, por isso, decidiu entrar em quarentena. Ainda segundo o senador, Pazuello deverá mandar um comunicado à CPI informando o fato. Pazuello teve a doença no ano passado.

“O ministro Pazuello, vai chegar um comunicado aqui, eu fui comunicado hoje [terça] de manhã. O ministro Pazuello teve contato com dois coronéis auxiliares dele esse final de semana que estão com Covid. Segundo a informação que eu tenho, ele vai entrar em quarentena e não virar depor amanhã [quarta]. Essa é a informação, não é oficial, é extraoficial”, afirmou Aziz.

O presidente da CPI deu a informação antes do início do depoimento desta terça, do ex-ministro Luiz Henrique Mandetta.

Pelo cronograma da CPI, Mandetta falará nesta manhã e o sucessor dele no ministério, Nelson Teich, falaria na tarde desta terça.

De acordo com Aziz, se for confirmado o adiamento de Pazuello, a fala de Teich deve passar para a quarta-feira.

“Eu acho que se amanhã [quarta], caso não venha o ex-ministro Pazuello, eu estou pedindo para que, pedi para o meu gabinete entrar em contato com o ministro Teich para que fizéssemos com ele amanhã e hoje só ouviríamos o ministro Mandetta".

Autor:

Fonte: G1