Geral

Incêndio em fábrica têxtil no sul do Paquistão mata mais de 100 pessoas

12/09/2012 03h09
Número de vítimas ainda não é definitivo e pode aumentar. Não há informações sobre o que motivou o incêndio.
Incêndio em fábrica têxtil no sul do Paquistão mata mais de 100 pessoas

Mais de 100 pessoas morreram em um incêndio que atingiu uma fábrica têxtil da populosa cidade de Karachi, no sul do Paquistão, na madrugada desta quarta-feira (12), informaram as equipes de resgate.
Segundo as fontes citadas pela imprensa local, os bombeiros conseguiram controlar o fogo, que afetou a maior parte da indústria, situada no bairro de Baldia.
O número de vítimas ainda não é definitivo e pode aumentar. O canal "Geo TV" estima os mortos em 102.
O número de vítimas subiu ao longo da manhã depois que os bombeiros extinguiram o incêndio e acelerassem a recuperação de corpos extraídos da fábrica.
Responsáveis dos bombeiros afirmaram ao jornal "Express Tribune" que a intensidade das chamas ameaça a integridade do imóvel, onde se suspeita que havia 1,5 mil trabalhadores quando o incêndio começou. A maioria conseguiu fugir.
Desde o início, as equipes de resgate tiveram grandes dificuldades para enfrentar o incêndio por sua magnitude, que tornava impossível entrar no edifício, e pelo fato de que só havia uma porta de acesso à fábrica.
Segundo declarações das autoridades regionais ao canal local Geo até o momento foram resgatadas 30 pessoas com ferimentos do incêndio, cujas causas ainda não foram esclarecidas.
Este acidente é o segundo de grande envergadura que ocorre no Paquistão nas últimas 24 horas depois que ontem uma explosão em uma fábrica de sapatos da cidade oriental de Lahore causou a morte de 20 pessoas.

Autor: Redação

Fonte: EFE