Geral

As possíveis mostras de Alexandre Toledo no PSB

29/04/2012 10h33
As possíveis mostras de Alexandre Toledo no PSB
A ida de Alexandre Toledo para o PSB tem muitas variáveis a atender dentro dos princípios da política estadual. Toledo elevaria o alcance do partido hoje carente de lideranças, a exceção do deputado federal Givaldo Carimbão, pois os nomes de Kátia Born, Alberto Sextafeira e demais membros, possuem áreas específicas de atuação limitando ações do partido dentro e fora do governo. A vereadora por Maceió, Tereza Nelma, está de malas prontas para deixar o partido. Com o apoio do Governador de Pernambuco, Eduardo Campos(PSB nacional), Toledo(PSB) poderá ser candidato a governador ou compor até chapa com Renan Calheiros em 2014. Ainda existindo a possibilidade de Alexandre ser o nome para o senado, caso o governador Téo(PSDB) resolva tirar todo o mandato em respeito ao povo alagoano que o escolheu pela segunda vez para tomar conta dos destinos do estado. Em qualquer dessas possibilidades Toledo engrandecerá Penedo com a sua presença no executivo ou no parlamento em Brasília. Por outro lado, Eduardo Campos, quer e precisa consolidar o partido em todo o nordeste brasileiro para se fortalecer na disputa pelo cargo de vice-presidente na chapa da presidente Dilma Rousseff em 2014. Político que não pensa em crescer nasce vereador e morre vereador! Há também quem enxergue que a saída de Alexandre do PSDB para o PSB venha a refletir na próxima campanha de prefeito de Maceió, onde Rui Palmeira “abra mão” da sua pré-candidatura para apoiar outro nome palaciano, ou fazer frente a esse novo nome em um provável segundo turno das eleições de 07 de outubro. Por se tratar de um nome forte – Toledo – Alexandre não deixa a política alagoana em mesmas condições ao mudar de partido. Por: redação  

Autor: Raul Rodrigues