Geral

Após ficar 52 dias internado em tratamento intensivo, o menino Isaque morreu por volta das 23h50 de ontem na frente de seus pais na UTI do Igope em Goiânia

24/08/2012 09h27
O médico disse abalado: "Fizemos o possível, mas infelizmente o coraçãozinho dele não resistiu mais"
Após ficar 52 dias internado em tratamento intensivo, o menino Isaque morreu por volta das 23h50 de ontem na frente de seus pais na UTI do Igope em Goiânia

Goiânia - Morreu na noite de quinta-feira o menino de 2 anos que, junto com outra criança, havia se afogado na piscina de um berçário no Setor Serrinha, em Goiânia, no início do mês de julho. Isaque Faleiros estava internado há quase dois meses na Unidade de Tratamento Intensivo do Instituto Goiano de Pediatria (Igope). O enterro foi marcado para as 13h desta sexta, no Cemitério Jardim das Palmeiras.

Segundo o doutor Henrique Gomide, da equipe da UTI do Igope, nos 52 dias que ficou internado, Isaque respirava por aparelhos e seu quadro permaneceu gravíssimo. Ele lutava contra uma pneumonia, insuficiência renal e também encefalopatia.

Na presença dos pais, o menino morreu por volta das 23h50 de ontem, com um quadro de insuficiência cardíaca. O médico disse que também está abalado com a morte da criança. "Fizemos o possível, mas infelizmente o coraçãozinho dele não resistiu mais", disse.

A outra vítima do acidente, uma menina de 1 ano e 10 meses, também chegou a ser internada na UTI, do Hospital da Criança, mas se recuperou e teve alta sete dias depois.

Autor: Mirelle Irene

Fonte: Jornal do Brasil