Esportes

Saída de Douglas Costa abre caminho para Janderson começar 2022 como titular no Grêmio

24/01/2022 09h08
Atacante emprestado pelo Corinthians atua justamente pelas pontas. Campaz e Elias são alternativas
Saída de Douglas Costa abre caminho para Janderson começar 2022 como titular no Grêmio

A inesperada rescisão de contrato de Douglas Costa com o Grêmio abriu uma lacuna no time titular para 2022. Contratado justamente para ser opção de velocidade no ataque, Janderson deve herdar a posição deixada pelo camisa 10. Mas Campaz e Elias também podem aparecer na equipe de Vagner Mancini.

Os altos valores envolvidos na permanência de Douglas em ano de Série B fizeram a direção recuar e acertar com o jogador o fim do vínculo, que se encerraria no meio do ano. Conforme apurado pelo ge, detalhes burocráticos separam o anúncio oficial.

A vaga deixada pelo atacante, na ponta direita do esquema tático, fica aberta para quem melhor aproveitar os treinamentos da pré-temporada – salvo algum reforço que possa chegar para suprir a perda de Douglas Costa.

Jhonata Robert, que poderia ser a substituição natural, teve lesão ligamentar no joelho esquerdo e para por seis meses. Portanto, Janderson sai na frente nesta disputa devido a suas características. O ex-jogador do Atlético-GO tem predileção para atuar nos dois lados do ataque.

A ponta esquerda está preenchida por Ferreira, de contrato ampliado até 2024. Diego Souza seguirá como principal centroavante. A tendência é que Janderson assuma na direita. Ele é jogador de confiança de Vagner Mancini, quem o treinou no time goiano em 2020.

– Minha relação com Mancini é muito boa. Quando cheguei no Atlético-GO, era ele o técnico. Tive uma sequência boa com ele lá, é um excelente profissional. Tenho a confiança dele e agora preciso mostrar também por que estou aqui no Grêmio – destacou Janderson em sua apresentação.

 

As alternativas

 

Apesar de escassas, o elenco atual gremista apresenta alternativas a Mancini, caso ele não escolha Janderson para o ataque. Canhoto, veloz e ágil, Campaz pode fazer a função de maneira improvisada, pois é um meia armador de origem.

Entretanto, o colombiano daria ao time a mesma característica utilizada por Douglas Costa: a possibilidade do corte para o meio seguido de finalização. O chute, aliás, é uma das armas de Campaz, que não demonstra receio quando vê espaço para o gol.

Campaz disputa vaga no meio com Benítez, mas pode ser aposta no ataque — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O deslocamento do jogador de 21 anos, aliás, resolveria outra dúvida do treinador. No momento, há uma disputa entre ele e Benítez pela função de meia de ligação. Neste caso, o argentino recém-contratado assumiria naturalmente a missão de ser o "camisa 10" do Grêmio de 2022.

Em uma hipótese ainda mais remota, Mancini tem Elias para apostar. O garoto de 20 anos treina com o grupo de transição e irá participar das primeiras rodadas do Gauchão, conforme planejamento do clube.

Porém, desde a chegada de Luiz Felipe Scolari e também no título do Brasileirão de Aspirantes – foi o artilheiro com 12 gols em 12 jogos –, o jovem passou a atuar fixo como centroavante.

Até o último ciclo na categoria de base do Grêmio, Elias era ponta. Apesar de corpulento, o jogador consegue arranques em velocidade e se sobrepor à marcação justamente pelo vigor físico.

Elias no jogo-treino da transição contra o Novo Hamburgo — Foto: Rodrigo Fatturi / Grêmio FBPA

No time sub-21, outras opções podem emergir para Vagner Mancini. Guilherme Azevedo e Rildo, por exemplo, já tiveram oportunidades no elenco principal e foram emprestados em 2021 para ganhar rodagem. Agora mais experientes, tentam convencer o técnico por novas chances.

Vini Paulista, Wesley e Emerson completam a lista daqueles que estarão sob análise nas primeiras partidas do Gauchão. Inclusive, a comissão técnica de Mancini acompanhou os últimos jogos-treino da equipe de transição.

Grêmio estreia na temporada na próxima quarta-feira, na Arena. A partir das 19h, enfrenta o Caxias na primeira rodada do Gauchão.

Autor: Beto Azambuja

Fonte: globoesporte.globo.com