Esportes

Reunião entre diretoria e agente de Guerrero encerra sem definição sobre futuro no Inter

04/05/2021 19h47
Partes seguirão conversas para tratar de pedido de rescisão contratual do centroavante
Reunião entre diretoria e agente de Guerrero encerra sem definição sobre futuro no Inter

Paolo Guerrero segue como jogador do Inter. Ao menos, por ora. A diretoria colorada e o estafe do atleta tiveram uma primeira reunião para tratar do pedido de rescisão do atacante no final da manhã desta terça-feira. O encontro encerrou sem uma definição sobre o futuro do peruano.

Em contato com o ge, o vice de futebol do Inter, João Patrício Herrmann, evitou tecer comentários sobre o encontro. Disse apenas que o assunto será resolvido internamente e que o foco está no jogo contra o Olimpia nesta quarta-feira, às 21h, no Beira-Rio, pela Libertadores.

– Qualquer definição será interna. Se tivermos algo a comunicar, faremos de forma oficial e no momento adequado. Nosso foco é o jogo diante do Olimpia – disse o dirigente.

A tendência é de que as duas partes voltem a se reunir nos próximos dias para tratar do tema e buscar uma definição. O ge ouviu de fontes dos dois lados que a situação de momento "segue na mesma".

Ou seja: Guerrero trabalha normalmente em recuperação de uma tendinite no joelho direito (o mesmo operado). Não há prazo para voltar a ficar à disposição.

A "crise Guerrero" eclodiu no último sábado, quando o empresário de Guerrero, Vinicius Prates, revelou o pedido de rescisão. O agente declarou que o jogador estava insatisfeito com a indefinição do futuro. Uma nota ainda foi emitida, à qual reclamava de falta de respeito da direção colorada.

A postura irritou a direção, que foi pega de surpresa com a notícia. O centroavante nunca tinha demonstrado incômodo com a situação no Inter. Os próprios companheiros também não sabiam que Guerrero estava infeliz.

O centroavante tem vínculo com o Inter até o final do ano e já pode assinar um pré-contrato a partir de julho. Conforme apurado pelo ge, clubes como Boca Juniors, Atlético-MG, São Paulo e equipes da China fizeram sondagens pelo atleta de 37 anos. O São Paulo nega qualquer interesse no peruano.

Guerrero foi contratado pelo Inter logo após a Copa de 2018. Ele chegou como grande reforço para a disputa do Brasileirão daquele ano. Mas teve que cumprir o restante da suspensão por doping e só estreou em 2019.

Ao todo, ele soma 61 jogos, com 31 gols marcados pelo clube. Em 2021, são cinco partidas, com um gol marcado.

Autor: Eduardo Deconto e Tomás Hammes

Fonte: globoesporte.globo.com