Esportes

Pedrinho descarta retorno ao Brasil e prevê Corinthians na briga por títulos: "Vem forte"

15/01/2022 09h21
Meia-atacante do Shakhtar Donetsk passou férias em Maceió, no Brasil, ao lado da família
Pedrinho descarta retorno ao Brasil e prevê Corinthians na briga por títulos: "Vem forte"

De volta à Ucrânia para defender o Shakhtar Donetsk na temporada europeia, o meia-atacante Pedrinho, xodó da torcida do Corinthians, falou sobre a expectativa de ver seu time do coração brilhar em 2022. Para ele, o Timão "vem forte" e deve brigar por títulos.

O jogador de 23 anos deixou o Parque São Jorge em 2020 para defender as cores do Benfica, em Portugal, e foi negociado no ano seguinte com o time ucraniano. Mesmo assim, não deixou de seguir o Timão e ficou contente com as contratações de nomes como Renato Augusto, Paulinho e Willian.

– Independentemente de onde for, sempre estou acompanhando. Sempre que tem horário bom, vejo o jogo. Tenho carinho e muitos companheiros aqui. Chegaram grande jogadores, que dispensam comentários. Eles só têm a evoluir e crescer no clube. A qualidade técnica é muito alta. O Corinthians vem forte para esse ano, estou otimista para ver conquistar títulos. Tem jogadores e comissão de alto nível. Com certeza, dá para levar títulos. É um candidato forte – disse Pedrinho ao ge.

O carinho pelo Corinthians deve perdurar por muito tempo apenas como uma torcida a distância. O jogador passou pelo CT do clube antes de embarcar novamente à Europa, mas não pensa em retornar definitivamente ao Brasil tão cedo, muito em função da boa adaptação na Ucrânia.

– Não penso em voltar ao Brasil. Para já, não. A adaptação boa, estou gostando do clube na Ucrânia, tendo chance, jogando, e quero evoluir e crescer cada vez mais. A expectativa é grande. Estamos na metade do campeonato, tem a Copa da Ucrânia, o Campeonato Ucraniano, espero que a gente possa ser campeão e entrosar mais com os companheiros e se destacar cada vez mais. É sempre jogar, tentar estar sempre entre os 11. Creio que todo jogador quer jogar, e essa é minha meta – completou.

 

Na atual temporada, 2021/22, Pedrinho disputou 19 partidas e marcou quatro gols. Foi titular em 16 oportunidades e vem tendo boa sequência para se firmar entre os jogadores importantes do clube.

 

Mais respostas de Pedrinho:

 

Problemas de adaptação e saída rápida do Benfica
– Acaba passando rápido demais, já tem um bom tempo que saí. Sempre levo tudo como aprendizado, seja uma experiência boa ou ruim. Dá para tirar proveito da situação. Por ter sido o primeiro clube, a gente espera melhores desempenhos e oportunidades. Independentemente de qualquer coisa, levo como aprendizado para mudar e dar certo como eu estou dando na Ucrânia.
* Nota da redação: Pedrinho teve problemas com o técnico Jorge Jesus, a quem disse considerar "ótimo treinador", mas grosseiro no tratamento com as pessoas, pressionando exageradamente atletas.

Vida na Ucrânia
– Em Portugal, pela língua, acaba sendo mais fácil. Mas lá também, por ter muitos brasileiros, foi mais fácil do que esperava. Me ajudaram quando eu precisei, o que entendiam passavam para mim. Puderam me ajudar, não só dentro, mas também fora de campo. Hoje, sou mais amigo do Maycon por ter convivido no Corinthians. Alan Patrick, Marllon... São os mais próximos. Levei minha família, pais, irmã, esposa e filha. Agora vou voltar sozinho porque vai ter a pré-temporada na Turquia.

 

Período de férias
– Curti com a família, amigos, em Maceió, reservei esse tempo para aproveitar as praias. Passei no Corinthians. Deu para rever todo mundo, bate aquela nostalgia do tempo que passei aqui, momentos felizes, companheiros e aqueles que não conhecia e matar a saudade, também.

Autor: Ana Canhedo

Fonte: globoesporte.globo.com