Esportes

Enderson elogia melhora do Botafogo no segundo tempo e diz: "Poderíamos ter vencido"

13/10/2021 07h14
Equipe empatou em 0 a 0 com o Cruzeiro, em Belo Horizonte, e não conseguiu assumir a liderança da competição
Enderson elogia melhora do Botafogo no segundo tempo e diz: "Poderíamos ter vencido"

O Botafogo empatou em 0 a 0 com o Cruzeiro nesta terça-feira, no estádio Independência, e não conseguiu assumir a liderança da Série B do Campeonato Brasileiro. O técnico Enderson Moreira analisou o desempenho do time e elogiou a melhora demonstrada no segundo tempo, quando passou a finalizar mais.

O comandante alvinegro afirmou também que não gostou da arbitragem.

- Era um jogo difícil, o Cruzeiro vinha de um resultado positivo, veio com imposição física. Acabamos errando algumas situações, e eles vieram com força no contra-ataque e nas bolas paradas. Demos uma ajustada no intervalo, e o segundo tempo foi bem diferente. Fizemos um jogo bom, criamos situações e poderíamos ter vencido. O que achei negativo foi a arbitragem, achei muito ruim. Deixou muitas faltas, e isso prejudica. Desagradou a todos, cada um com seu motivo. Claro que não foi um resultado que queríamos, mas era uma partida difícil. Vamos enaltecer o nível de competitividade - disse o técnico.

O Glorioso é o segundo colocado com 52 pontos, dois a menos do que o líder Coritiba. A equipe volta a campo na quarta-feira, dia 20, para enfrentar o Brusque, no Nilton Santos.

Outros trechos da entrevista do técnico:

Faltou intensidade no ataque?

- Acho que no primeiro tempo, sim. No segundo, criamos chances claras. Fábio defendeu uma, outra passou muito perto com o Navarro. Bolas paradas foram boas também. Jogo de cada um na sua proposta. Cruzeiro não foi para o abafa, estavam saindo com força no contra-ataque. No segundo tempo ajustamos dentro da proposta para o jogo.

Poucas finalizações

- Depende muito do que chamamos de finalizações e chances de gol. O Cruzeiro teve mais volume, mas com chutes para fora, para longe. A do Navarro foi muito mais clara. Acho que no primeiro tempo o Cruzeiro foi superior no primeiro tempo, mas no segundo foi bastante parelho. Controlamos. Mas o Cruzeiro estava jogando em casa e precisava arriscar mais. Levamos um ponto importante para casa. Quando não dá para vencer, não perder também é importante. O pontinho pode ser importante lá no final. São duas equipes de Série A que momentaneamente estão na Série B.

"Nível de competitividade no segundo tempo foi absurdo"

- Eu respeito as avaliações. Precisamos entender o processo. Não tem satisfação em empatar, mesmo contra um clube gigante também. Temos que valorizar esse ponto. Era um jogo extremamente difícil. Se não fizemos um jogo tecnicamente belo e positivo, o nível de competitividade no segundo tempo foi absurdo. Assim também se faz time que conquista bons resultados e chega em seus objetivos.

Ideia nas mudanças

 

- Pensamos no Ronald, mas está há muito tempo parado, e o jogo estava muito pegado. Qualquer erro poderia ser decisivo. Estamos preparando a volta do Ronald. Achamos melhor colocar um jogador que joga para frente, que faz gol. Queremos que o Ronald entre em uma situação mais confortável. Vai ganhar mais ritmo nos treinamentos e poder nos ajudar novamente.

Autor:

Fonte: globoesporte.globo.com