Esportes

Com golaço de "caçula", Corinthians vence Fluminense e cola no G-4 do Brasileiro

14/10/2021 00h06
Em noite apagada de estrelas, Gabriel Pereira resolve para o Timão; Flu cria chances, mas estaciona na tabela
Com golaço de "caçula", Corinthians vence Fluminense e cola no G-4 do Brasileiro

Timão cola no G-4!

Numa noite em que Willian saiu com dores logo aos sete minutos e as outras estrelas não brilharam, coube ao garoto Gabriel Pereira, de 20 anos, a tarefa de salvar o Corinthians e fazer o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Fluminense, nesta quarta-feira, na Neo Química Arena, em jogo válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o golaço do novato, já no segundo tempo, o Timão se recuperou rapidamente da derrota do fim de semana para o Sport e colou novamente no G-4 – a um ponto do Bragantino, quarto colocado, e já empatado na pontuação com o rival Palmeiras, em queda no torneio. Já o Flu chega a três jogos sem vencer (além de derrota para o Fortaleza e empate com o Atlético-GO, ambos em casa) e se distancia da parte de cima da tabela. Assista aos melhores momentos do jogo em Itaquera:

Como fica?

A vitória leva o Corinthians aos 40 pontos, ainda em sexto lugar, mas com a mesma pontuação do Palmeiras, quinto (perde no número de vitórias), e a um do Bragantino, quarto colocado e primeiro time do G-4. Já o Fluminense permanece com 33, em nono lugar. Clique aqui e veja Tabela do Brasileirão 2021.

 Gol de Gabriel Pereira em Corinthians x Fluminense (Foto: Marcos Ribolli)

O brilho do caçula

Gabriel Pereira fez seu segundo gol como profissional no Corinthians, o primeiro na Neo Química Arena (e com torcida!). Numa noite em que Willian, Giuliano, Renato Augusto e Róger Guedes não puderam brilhar, o garoto resolveu e deu mais uma demonstração de força para seguir entre os titulares de Sylvinho.

Fala, David Braz!

Apesar do bom desempenho em Itaquera, o Fluminense saiu com o gosto amargo da derrota. O time de Marcão somou apenas um ponto dos últimos nove disputados no Brasileirão. O zagueiro David Braz concedeu entrevista após a partida.

Primeiro tempo

O Corinthians começou bem e na pressão, criando uma boa chance logo no início em cabeçada de Giuliano. A saída de Willian logo aos sete minutos, por dores na coxa esquerda, fez o Timão perder qualidade na esquerda e forçar mais o jogo pelo lado direito com Gabriel Pereira – sempre no um contra um, tentando cortar para dentro e finalizar ou cruzar. O problema é que a recomposição tem sido falha, e a defesa fica mais exposta. Assim, o Fluminense conseguiu sair algumas vezes em velocidade e chegar com muitos jogadores, tendo finalizações com Nino e Bobadilla, por exemplo. Na chance mais clara, aos 24 minutos, Yago Felipe avançou livre pela esquerda e encontrou Caio Paulista do outro lado – ele teve tempo para ajeitar e soltar a bomba, exigindo grande defesa de Cássio. O Corinthians só assustou num chute cruzado de Fagner, que passou raspando a trave, e passou o resto do tempo rodando a bola sem efetividade e com poucas finalizações: foram cinco, contra oito do Flu.

Segundo tempo

O panorama se manteve com o Corinthians rodando a bola, e o Fluminense tentando sair em velocidade – sempre achando espaços. As principais estrelas corintianas estiveram apagadas: Giuliano e Renato Augusto não se aproximaram tanto do gol, e Róger Guedes ficou isolado entre os zagueiros, até impaciente e reclamando de algumas jogadas. O técnico Marcão tentou aumentar a força ofensiva do Flu com as entradas de Arias e John Kennedy. No lance seguinte, porém, as constantes mudanças de lado dos atacantes do Corinthians deram resultado: aberto pela esquerda, Gustavo Mosquito conseguiu bela inversão para Gabriel Pereira, na direita, finalizar de primeira e sem chances de defesa para Marcos Felipe. O alívio foi imediato em campo e nas arquibancadas. O Flu tentou pressionar, enquanto o Timão se defendeu bem – inclusive quando João Victor quase marcou contra, após cruzamento rasteiro de Danilo Barcelos, e Cássio fez grande defesa.

Choro e preocupação

Willian deixou o jogo logo aos sete minutos, novamente com dores na coxa esquerda, que o tiraram do duelo contra o Sport. O camisa 10 deixou o gramado chorando, mas aplaudido pela torcida, e iniciou tratamento já no banco de reservas.

  • Próximos jogos

    Os dois times voltam a campo pela 27ª rodada do Brasileirão. O Fluminense visita o Athletico-PR no próximo domingo, às 16h (de Brasília), na Arena da Baixada, enquanto o Corinthians tem clássico contra o São Paulo na segunda-feira, às 20h, no Morumbi.

Autor: Redação

Fonte: GloboEsporte.com