Esportes

CBF divulga áudio do VAR de pênalti marcado em Inter x Botafogo: "Se a bola passa, seria gol"

22/06/2022 19h14
Orientado por Rafael Traci a ver o lance na cabine, Savio Pereira Sampaio decidiu marcar a penalidade e expulsar o zagueiro alvinegro Philipe Sampaio; ouça o diálogo
CBF divulga áudio do VAR de pênalti marcado em Inter x Botafogo: "Se a bola passa, seria gol"

A CBF divulgou, na tarde desta quarta (22), os áudios do VAR da polêmica atuação do árbitro Savio Pereira Sampaio na vitória do Botafogo sobre o Internacional por 3 a 2, no último domingo, no Beira-Rio, pelo Brasileirão.

No primeiro lance perigoso do jogo, logo aos 2 minutos, o assistente de vídeo Rafael Traci orientou Savio Pereira Sampaio a ver na cabine um possível pênalti cometido pelo zagueiro alvinegro Philipe Sampaio. Inicialmente, o juiz de campo não havia marcado a penalidade.

- Bate no peito e bate no braço aberto. Não tem ninguém atrás. Savio, é o Traci. Te recomendo a revisão por possível pênalti - diz no áudio Rafael Traci, que, devido à polêmica de domingo, foi retirado da escala do clássico entre São Paulo e Palmeiras, marcado para o dia seguinte.

Savio Pereira Sampaio observa as imagens no monitor do VAR no Beira-Rio — Foto: Pedro H. Tesch/AGIF

Na sequência, Savio se dirige ao monitor à beira do campo e pede outros ângulos da imagem. Ao observar as câmeras e a jogada em câmera lenta e velocidade normal, ele faz perguntas que não são respondidas e logo depois toma sua decisão.

- Ela tem mudança drástica de direção ou ela ia passar? Se ela continua, depois de bater no peito, ela vai para a meta? Se ela passa, seria gol, correto? Vou voltar, marcar tiro penal e expulsão por impedir oportunidade clara de gol - conclui Savio.

Na Central do Apito, PC Oliveira discordou da marcação do pênalti e da expulsão de Phillipe Sampaio:

- Ele está com um braço até numa posição esperada, a bola bate na barriga, bate no braço, mas ele não teve movimento adicional. Quando a bola bate no corpo, o jogador está com o braço muito aberto e depois bate no braço, pode ser marcado. Mas para mim já está numa posição normal, ela bate no corpo e vai no braço, para mim não foi pênalti - disse PC Oliveira.

O outro áudio do jogo divulgado pela CBF nesta quarta diz respeito a uma intervenção para marcar um segundo pênalti para o Internacional. No entanto, a jogada foi invalidada por impedimento no lance anterior.

- Savio, tem um possível pênalti na área, onde eles reclamam. Porém, no início da jogada, tem impedimento - aciona Traci.

O Inter abriu 2 a 0 nos primeiros minutos do jogo, mas, mesmo com a menos, o Botafogo virou e conquistou a vitória aos 55 minutos do segundo tempo.

- Você considerou penal ou não? - questiona Sávio.

- Sim, penal - respondeu Trassi.

Após avaliação no VAR, Sávio conclui:

- Impedido, impedido!

A partida, válida pela 13ª rodada do Brasileirão, terminou com vitória do Botafogo por 3 a 2, de virada, no Beira-Rio.

Autor:

Fonte: globoesporte.globo.com