Brasil

Jovem desaparecida mandou mensagem no WhatsApp após barragem romper

28/01/2019 03h22
Camila Taliberti Ribeiro da Silva estava hospedada em uma pousada que foi tomada pela lama
Jovem desaparecida mandou mensagem no WhatsApp após barragem romper

A esperança de encontrar cinco pessoas que estavam na Pousada Estância, em Brumadinho, ainda está viva para uma família de São Paulo. O estabelecimento foi tomado pela lama após a barragem Mina do Feijão se romper na cidade, no último dia 25. A filha de Vagner Diniz e Helena Taliberti chegou a mandar uma mensagem em um grupo do WhatsApp depois da tragédia. As informações são da CBN.

Os hóspedes não constam nas listas oficiais de desaparecidos, mesmo após o casal ter feito cadastro na Vale, na Defesa Civil e na Polícia Civil. A nora deles, Fernanda Damian, estava grávida de cinco meses e tinha ido com o marido e filho Helena, Luís Taliberti Ribeiro da Silva, comemorar a gestação. Também foram para a viagem o pai, a madrasta e a irmã do rapaz, Adriano Ribeiro da Silva, Maria de Lourdes Bueno e Camila Talibert Ribeiro da Silva, respectivamente.

“Luís é arquiteto e tinha muita vontade de conhecer Inhotin. Como era feriado em São Paulo, minha filha também veio, e o pai e a madrasta também. Então, era uma viagem de passeio turístico, né? Fernanda estava grávida. Todo mundo feliz por causa disso. A gente só reza. Estamos com Deus, mas queremos sair daqui com eles”, contou Helena.

Mensagem pós-tragédia

Depois das 11h do dia 25, Camila enviou uma foto para o namorado com a vista do quarto dela. Só assi Helena descobriu que a filha estava na pousada soterrada pela lama. Duas horas e meia depois, por volta das 13h30 - a barragem já havia sido rompida - mandou outra mensagem em um grupo de amigas, comentando um comentário que havia sido feito.

Autor: Redação

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br