Brasil

'Carro da vacina' passa pelas ruas de cidade no Piauí em busca de pessoas que não se vacinaram contra Covid-19

26/11/2021 16h19
A cidade vacinou 147 pessoas durante campanha com "carro da vacina", uma ambulância equipada e estruturada para vacinar a população na porta de casa.
'Carro da vacina' passa pelas ruas de cidade no Piauí em busca de pessoas que não se vacinaram contra Covid-19

Profissionais de saúde de Campo Grande do Piauí, 362 km ao Sul de Teresina, resolveram inovar na busca ativa da população que não se vacinou contra Covid-19 na região. Um carro de som convocava os moradores a comparecer ao "carro da vacina", uma ambulância equipada e estruturada para vacinar as pessoas na porta de casa.

De acordo com o enfermeiro e coordenador de imunização da cidade, Dayro Coutinho, a ideia surgiu após a equipe detectar uma evasão do público no retorno aos postos para segunda dose, principalmente no público de 12 a 24 anos.

"No decorrer da campanha, percebemos através dos relatórios vacinais que a população entre 12 e 24 anos estava tendo uma grande evasão na segunda dose. Realizamos inúmeras chamadas, busca ativa nas unidades de saúde, mesmo assim os números continuavam nos preocupando", contou Dayro.

Após a baixa adesão mesmo com a busca ativa, a equipe resolveu inovar com a vacinação de porta em porta. A ambulância da cidade foi equipada e decorada, e acompanhada por um carro de som, percorreu as principais vias da cidade das 17h as 23h.

Ainda segundo Dayro, a ação, cuja meta era vacinar o maior número de pessoas possível, teve uma boa receptividade por parte da população.

"A população literalmente abraçou a causa, era visível o sentimento de alegria em ver a nossa ação, pois aproximou a vacina de pessoas acamadas, que não tinham disponibilidade de transporte, e sem falar que foi um momento de muita interação", declarou Dayro.

 

O coordenador informou que após o sucesso da primeira campanha, a ação vai continuar pelas comunidades da zona rural, visando democratizar ainda mais o acesso à vacina contra Covid-19 para população local.

"Será uma espécie de campanha essa estratégia. Fizemos na zona urbana e vamos estender para zona rural, comunidades com número populacional considerável", explicou.

Autor: Layza Mourão*, g1 PI

Fonte: g1.globo.com