Blogs

Sergio Moro: um ex-juiz um ex-ministro, e um provável presidente da república.

04/12/2021 12h43
A malandragem, é toda ela conhecida. Mas quem decide é você!
Sergio Moro: um ex-juiz um ex-ministro, e um provável presidente da república.

De agora por diante a corrida eleitoral cria uma nova perspectiva cujas formações de grupos políticos irão gerar contornos destoantes dos que todos os prognósticos avistados pelos mais competentes cientistas políticos do Brasil.

Serão as manchetes cheias de maldades e vazias de conteúdos verdadeiros.

O povo brasileiro vem lutando por uma governabilidade do país com transparência e algo que freie a corrupção para modelos razoáveis, já que acabar é uma longa caminhada de séculos como se comprova nos países do primeiro Mundo. Japão, Suíça, Suécia e alguns outros exemplos cuja realidade aponta para uma drástica redução neste tipo de crime.

Da classe política o Brasil conhecido pelos estrangeiros como um verdadeiro pardieiro de algozes da coisa pública, é visto com o um experimento da legalização de crimes contra o patrimônio público, incluindo de maneira açodada os desvios de dinheiro público. E mesmo que disto se transforme em peça jurídica composta de recheadas provas, tudo pode ir por água-a-baixo se julgado por alguns mecenas do judiciário reconhecidos por toda a nação como suscetíveis a acordos dourados.

Logo, na contramão de quem represente tal linhagem deste perfil bem definido com muitos políticos que se arrastam na mais Alta Corte da Justiça por entre os indiciados ou transformados em réu, um representante que queira limpar as pastas acumuladas há décadas com decisões fundamentadas e respaldadas na Lei não terá PAZ no trâmite da seara política. Será o detonado por Fake News diariamente.

Por sua vez, os mais badalados integrantes da rede de corrupção do país, estes irão aparecer como os de processos prescritos por decurso de prazos, ausência de provas e competentes agravos de instrumentos das mais caras bancas de advogados do Brasil.

Enfim, dessa vez será ou dá ou desce!

Ou nos livramos de boa parte da corrupção, ou nos entregaremos aos arreios do que prevalece nas falanges do mal.

 

Mas quem decide é você!

Autor: Raul Rodrigues

Fonte: correiodopovo-al.com.br