Blogs

Saída de Cinthya Alves tem dois lados a serem analisados

31/07/2022 10h55
Se Cinthya pudesse optar teria ficado em Penedo com certeza.
Saída de Cinthya Alves tem dois lados a serem analisados

A saída da secretária de educação de Penedo, Cinthya Alves, tem dois lados a serem analisados e não mais que isso. Cinthya saiu por convite com ares de convocação.

O primeiro lado a ser analisado, é o lado da atuação de uma secretária que trouxe bons resultados para a educação penedense e isto não se pode negar.

Avanços aconteceram, mas sempre em parceria com a administração municipal – prefeitos Március Beltrão e Ronaldo Lopes – que envidaram esforços para uma progressão nas áreas físicas – prédios escolares – e na aquisição de material de trabalho, disponibilidade de internet e um grande esforço para suprir o tempo pandêmico sem maiores prejuízos para os estudantes. Além é claro de se manter a merenda escolar como grande parceira do tempo presencial ou remoto.

O outro lado, deve ser levado em conta a participação da equipe, toda ela oriunda da própria secretaria – servidores efetivos ou contratados – que lhes dava suporte para a implementação dos novos recursos pedagógicos e atualizações para os professores e professoras, como forma de deixar Penedo em pé de igualdade com as cidades mais avançadas da área em Alagoas e no país. Ressalte-se a grande participação de quem viveu neste período em salas de aulas.

A sua passagem pela secretaria de educação de Penedo não é a de uma simples secretária que passou em seu tempo. Cinthya foi efetiva, e mesmo silenciosa foi capaz de promover os melhores dias da educação penedense.

Já a sua saída, não pode ser considerada como normal, por ter nos bastidores da política podre segundas intenções de quem não sabe viver sem o poder nas mãos.   

Autor: Raul Rodrigues

Fonte: correiodopovo-al.com.br