Blogs

Quando os ratos começam a abandonar o navio.

03/09/2021 20h23
Em outras palavras, quando o dono da casa viaja os ratos fazem a festa!
Quando os ratos começam a abandonar o navio.

Contam os livros de história que ao se avistar terra firme os tripulantes dos navios com riscos de naufrágio ou de serem pegos pela alfândega são primeiros a abandonarem a embarcação para que somente o seu Capitão seja pego. Amplia-se isto para finais de governos desastrosos.

No caso em tela o governo Bolsonaro que já não se ajusta com o judiciário brasileiro, que vive às turras com os governadores dos estados, e que começa também a transitar mal por entre as paredes da câmara federal – muitos deputados até do Centrão se isolando – sendo determinado entre essas partes como final de mandato. De governo faz tempo.

E como nosso olhar aguçado consegue enxergar longe, e nossos ouvidos a ouvirem ruídos em Brasília, concluímos que o Rei está Nu!

 

Quando o presidente eleito para a câmara federal com o apoio incondicional do presidente da república, deputado federal Arthur Lira, chega a dizer que "Bolsonaro é o único a perder se houver tumulto",  os sinais ficam cada vez mais claros que o café servido é de ontem, que a porta passou a noite entreaberta, e que a cadeira já está vaga!

O Rei realmente está Nu!

 

Autor: Raul Rodrigues

Fonte: correiodopovo-al.com.br