Blogs

Político pequeno nasce pequeno e morre pequeno. De vereador a vereador Cidoca nunca passou!

29/04/2021 20h58
Do esquema de eleição para vereador ele entende. Mas sozinho nem isso mais ele consegue. Tem que ser a reboque dos esquemas.
Político pequeno nasce pequeno e morre pequeno. De vereador a vereador Cidoca nunca passou!

Sonho de menino é crescer ganhar o mundo, assim diz a letra de uma música que se refere ao sonho de quem quer alçar voos maiores e mais altos. Do mesmo modo que outra letra traduz que para subir você desceu de Alcione.

O vereador Alcides dos Santos Andrade – Cidoca – bem que tentou chegar à cadeira de deputado estadual, e sempre que tentar vai se deparar com as dificuldades naturais do seu comportamento impróprio de homem e de político. Tropeça nas próprias pernas.

Como político nunca passou de vereador, e nem vai passar. O tamanho certo para quem apesar de ter linhagem política de vereador não passará. A terra que o viu o conhece. E quem o conhece jamais dará espontaneamente um voto a mais que para vereador onde o jogo é de cartas marcadas, e atualmente a reboque de quem lhe oferece os votos necessários para se eleger. Ele próprio exauriu o seu potencial.

Obteve em eleição passada quase nove mil votos em Penedo e quase vinte mil no estado por ter em Penedo contado com o apoio do então prefeito Március Beltrão a quem depois traiu. Nunca mais terá tal votação. E fora de Penedo com as redes sociais atuantes Alagoas conhecerá melhor o perfil de Cidoca.

Vereador “atuante” ao ponto de propor e aprovar com auxílio dos seus pares – estes com diferentes posturas em suas vidas particulares e públicas – que tão somente votam por corporativismo. Troca de favores entre votos coisa que prejudica Penedo. Exemplo claro, o último projeto de lei aprovado por seus pares retirando o nome da Praça Costa e Silva com quase cem anos de existência para favorecer ao seu “prestígio” político junto à determinada família. Nada contra ao novo nome nem à família. Mas entendemos que o certo é ser justo.

Dos projetos eleitoreiros de Cidoca quase a totalidade caiu em desuso. Como vereador de vários mandatos claro que o seu histórico de maior pontuador por projetos de leis aprovados lhe dá o destaque de quem mais apresentou projetos. Mas a serventia de cada um é um buraco sem fundo. Quase a totalidade é inócua.

E a quem Cidoca desprestigiou ao retirar o nome da Praça Costa e Silva, a um intendente – prefeito – que muito fez por Penedo, pelo povo penedense, e sua história.

Ah, antes que esqueça essas ideias mirabolantes de Cidoca se transformam em projetos esquecidos. A Praça 31 de Março no bairro do Barro Vermelho, até hoje continua com o mesmo nome mesmo depois de a câmara de vereadores atendendo aos caprichos de Cidoca quis transformá-la em Praça Jorge da Batucada. Merecida homenagem, mas que até agora deu em nada! Reclama familiar do próprio homenageado.

Quem nasceu para ser menino jamais crescerá. Pois em nome da sua falsa autoridade tenta impor seus caprichos. E olhe que Cidoca se diz novamente pré-candidato a deputado estadual. Acreditamos que até seja candidato, mas deputado jamais!     

Seu Assis foi o maior político em Porto Real do Colégio. Mas em Penedo foi apenas um comerciante.    

 

 

Autor: Raul Rodrigues

Fonte: correiodopovo-al.com.br