Blogs

O que prevíamos para o pós-pandemia chegou com força: a violência. Artigo de 14/07/2020 mais que atualizada

19/03/2021 19h45
O que dissemos em programa Linha Direta reforçamos agora. Suicídios, separações, brigas de rua e em casa, o Brasil em pedaços.
O que prevíamos para o pós-pandemia chegou com força: a violência. Artigo de 14/07/2020 mais que atualizada

A violência que prevíamos acontecer no pós-pandemia já é realidade no mundo inteiro. Casos de racismos nos EUA levaram crise ao governo Donald Trump e pode derrubá-lo do poder antes do previsto. Derrota nas urnas em 2020.

No Brasil a regra da imitação vem chegando aos poucos. Policial Militar de São Paulo pisa em pescoço de mulher em via pública para “conter” reação de quem já estava dominada e indefesa. Caso levado às redes de televisão e a Polícia Militar por meio da sua assessoria de comunicação apenas emite nota de que PMs serão retirados das ruas para investigações. E as imagens são mentirosas?

O numero de divórcios se espalham pelo país inteiro. As ocorrências nas Delegacias da Mulher só constatam o aumento da violência doméstica diuturnamente. E a pandemia nem dá sinais de ir embora. O isolamento social ainda está entre uma das principais regras a seguir contra o Coronavírus.

Nossa previsão era para o pós-pandemia.

Policiais transgredindo as leis é rotina. Pessoas se desentendem em bares e restaurantes, e isto vem sendo uma questão de tempo entre a abertura do estabelecimento e a chegada da fiscalização. Viramos fios desencapados em supermercados, postos de gasolina, estacionamentos, ou onde quer que seja. E isto antes do previsto em condições normais do desgaste das consequências da pandemia. 

A humanidade precisa se reconstruir.

 

 

Autor: Raul Rodrigues

Fonte: correiodopovo-al.com.br