Blogs

O incomodo e atual momento do não saber receber um NÃO! Torcida do Flamengo que o dia.

09/05/2022 17h12
Torcedores praticando racismo têm sido punidos com "prisões" e depois liberados por pagamentos de fiança.
O incomodo e atual momento do não saber receber um NÃO! Torcida do Flamengo que o dia.

Os clubes de futebol no Brasil podem servir perfeitamente de base para estudos psicológicos e/ou psiquiátricos da não aceitação do NÃO! As mudanças rápidas mudanças dos senhores treinadores são provas incontestes e inequívocas.

Se o time não vence. Muda o técnico. Se vence, mas não convence dá lá um tempinho de dois meses e não mais. E assim o comportamento dos adultos que se dizem menos afetados pela pandemia, é levado ao público por meio das maiores redes de televisão do país, com torcedores irados e violentos.

O time perdeu, escafedeu!

Assim podemos descrever que a população por analogia está contagiada desse mesmo sentimento de não aceitação do NÃO, em todas as áreas.

É no trânsito onde buzinadas são o meio de reclamações com quem está na frente, empurra-empurra nos ônibus lotados entre as vindas para o trabalho e as idas para casa, chegando ao teto da intolerância com tudo.

É o prenúncio do caos nos lares, nos locais de trabalho, nas lojas ou supermercados por conta das filas na ida ao caixa.

Estamos todos afetados pela ansiedade, pela instabilidade emocional, e tudo isso está demonstrado de maneira clara e irrestrita, pelas torcidas que vão aos estádios de futebol muito mais para brigar que até mesmo para torcer e assistir ao jogo.

As agressões vão das mais leves às mais violentas possíveis.

E o pior: a polícia não tem como conter dezenas de milhares de torcedores que se apropriam do direito de protestarem ameaçando aos jogadores, à comissão técnica, e transformar os torcedores rivais em alvos fáceis para balas perdidas, agressões letais, e as apurações dos fatos ficando mercê do nada.

 

Pois nada tem sido feito para se frear esse estado de coisas.     

Autor: Raul Rodrigues

Fonte: correiodopovo-al.com.br