Blogs

Não é da minha área atual, mas nesse tempo vivi todos os clássicos FLAMENGO X VASCO! Veja vídeos de duas decisões por pênaltis.

13/10/2021 12h18
Flamengo foi Campeão Mundial de Clubes, e merecidamente. O Vasco foi campeão Brasileiro com méritos próprios.
Não é da minha área atual, mas nesse tempo vivi todos os clássicos FLAMENGO X VASCO! Veja vídeos de duas decisões por pênaltis.

Por ter vivido todos os clássicos entre as duas maiores equipes dos campeonatos cariocas dos anos 70/80/90 sem deméritos para os demais clubes do Rio de Janeiro, mas nesse tempo sendo Zico e Roberto Dinamite os nomes das maiores bilheterias, atrevo-me a escrever sobre as disputas entre os maiores ídolos do futebol da cidade maravilhosa e se erra terei imenso prazer ao ser corrigido por Robson Lessa.

Zico era uma espécie de melhor jogador do mundo da sua época. Desequilibrava quaisquer que fossem as partidas nas quais o Flamengo estivesse a participar e com placar adverso ao rubro-negro do ninho do Urubu. Quem viveu esse tempo sabe dessa verdade.

Zico era sinônimo de gol driblando em frente à área adversária, batendo falta nas proximidades do gol adversário, e da marca do pênalti uma certeza de bola na rede. Era um mágico dos dribles desconcertantes, dos passes certos e certeiros, no aguardo da devolução da bola para ele finalizar e vencer a mais um guarda-meta do time adversário.

O Galinho de Quinino era o Camisa 10 da Seleção!

Roberto Dinamite lançado pela base do Vasco da Gama, era o típico atleta de porte e rompedor, longe da categoria de Zico, mas com a mesma de gol do artilheiro do Flamengo. na zona do gol Dinamite marcava gols sem a riqueza dos detalhes de um craque, mas a beleza não diminui o gol. É gol, do mesmo jeito.

Nas grandes atuações dos dois maiores craques da época, uma final entre Vasco e Flamengo era uma espécie de certeza de gols marcos pelos dois maiores nomes das duas melhores equipes do certame carioca. Era a Era Zico e Roberto.

Sim, Roberto Dinamite também gols antológicos coma marca de uma craque, mesmo que fosse um refinado carque, mas pelas atuações inigualáveis fez “gol de placa com direito a banho de cuia” em seu marcador mais próximo, ou de voleio dentro da área fazendo o narrador gritar “um dos mais belos gols que o Maracanã já viu”!

Na época o Flamengo foi Campeão do Mundo merecidamente pelo conjunto da orquestra, o Vasco não. Mas se dependesse da arte em fazer gols de Roberto Dinamite, também merecia. Tanto que foi vendido para o Barcelona de onde voltou como jogador bichado, e me sua reestreia elo Vasco da Gama fez cinco gols em uma só partida contra o Corinthians, um dos grandes de São Paulo e do Brasil.

Para quem viveu essa época sendo flamenguista ou vascaíno, só não de concordar com o descrito quem era goleiro e que jogava contra esses dois monstros do futebol brasileiro.

Única vez que vi o Flamengo perder para o Vasco um Campeonato Carioca nos pênaltis.

Decisão da Taça Guanabara de 1976, quando Mazaroppi pegou o pênalti de Zico. 

Grandes momentos!

 

Autor: Raul Rodrigues

Fonte: correiodopovo-al.com.br