Blogs

Nada é mais propício para o momento que falarmos sobre Saneamento Básico.

06/12/2021 15h37
Fatalidades sempre irão existir, mas não com a certeza de que estamos errados.
Nada é mais propício para o momento que falarmos sobre Saneamento Básico.

Maceió, cidade turística e das mais frequentadas por turistas nacionais e internacionais nos últimos anos sendo alavanca da economia alagoana por suas belezas com as praias sendo destaque nas maiores revistas nacionais e internacionais pelo mundo a fora.

 

E, ontem pela manhã foi transformada em caos total pelo rompimento dos dutos do saneamento básico que mostraram um verdadeiro mundo de maquiagens das águas servidas nos bairros nobres da capital. E olhe que a beira mar é área das mais caras e belas de Maceió.

Foi um corre-corre só dos ambulantes para resgatarem as suas cadeiras e barracas e a evasão dos turistas que ficaram enojados pela fatalidade. E parte desse acidente de infraestrutura ainda solucionada devidamente, traz à tona uma grande discussão: quem fez ligações clandestinas nos esgotos construídos pela CASAL é o grande responsável pelo ocorrido? Diríamos que sim.

A capacidade do escoamento dos esgotos é calculada para que o diâmetro da tubulação ainda tenha um limite de segurança – margem calculada para suportar uma sobrecarga – mas não adivinhando quantas ligações clandestinas serão feitas.

E o que nos chama a atenção é que vivemos dias de discussão em Penedo sobre a concessão do SAAE para que uma empresa de porte possa realizar as obras do saneamento da cidade e dos povoados com mais de mil habitantes, item que foi alterado para gerar amis problemas quanto ao que deverá ser realizado.

Aí deixo a DEIXA: o SAAE de Penedo tem mesmo as condições para realizar uma obra de tamanha envergadura? NÃO! Deve ser feito de forma não profissional e com riscos de tal natureza? NÃO!

Mas para os politiqueiros SIM!

Vejam as imagens do desastre do ocorrido ontem Maceió:

 

Autor: Raul Rodrigues

Fonte: correiodopovo-al.com.br