Blogs

Crimes de responsabilidade do Presidente no Brasil devem ser apurados com ou sem CPI.

18/10/2021 17h33
Quem morreu e que poderia ter sido salvo é que não pode ser esquecido deixando impune quem errou.
Crimes de responsabilidade do Presidente no Brasil devem ser apurados com ou sem CPI.

Por mais que as pessoas estejam envoltas no jogo das mídias contaminadas para condenar ou inocentar ao presidente Bolsonaro pelos crimes de responsabilidade durante a pandemia, isto não nos levará à razão. Crime é crime seja ele cometido pelo homem ou pelo ser político.

E deve ser apurado por quem de obrigação e de direito. O Ministério Público deve ser o órgão destinado a esse fim ao que nos parece.

O que a redação do CPA não entende é o frenesi e a histeria que tomam conta das pessoas – Bolsonaristas ou Lulistas – que passa a acompanhar cada qual o seu lado de interesse como se pudessem mudar o número de mortes ou banalizar a dor e o sofrimento de quem perdeu entes queridos insubstituíveis.

Se o presidente tem culpa ou não, que o diga a autoridade competente e não quem não pode mudar essa ou aquela realidade.

A CPI vista por todos os ângulos teve a sua relevância e importância para se conseguir documentos – comprobatórios ou não – que devem ser encaminhados aos competentes representantes do judiciário mesmo sabendo-se que se for ele culpado, nada disso vai trazer de volta os mortos, nem irá impactar na vida política do presidente. Esses possíveis crimes não têm o poder de cassar os direitos políticos de Bolsonaro.

Agora querer achar ou entender que o relatório de A ou de B possa incriminar Bolsonaro já é atribuir a Calheiros o poder de ser peça determinante do processo. E isto seria ferir de morte a imparcialidade do(s) próximo(s) julgador(res).

Portanto, apenas na linguagem de quem escreve e descreve sobre os fatos, Bolsonaro já deveria ter sido julgado pela justiça diante de tantas mortes confirmadas, famílias arrasadas e vidas destroçadas pelas decisões equivocadas dentre elas o desrespeito ás todas as recomendações médicas, não uso da máscara, provocando aglomerações, evidenciando saber a cura do Coronavírus, e por fim pela demora na compra das vacinas, que hoje respondem com segurança ser a melhor medida a ser tomada.

Quanto às querelas políticas e de politicagem pura, CPI e Bolsonaro estão no mesmo patamar. Nenhum dos dois vale nada.  

 

 

Autor: Raul Rodrigues

Fonte: correiodopovo-al.com.br