Blogs

Comparações indevidas geram conflitos de interesses de quem se opõe à Concessão do SAAE de Penedo

18/11/2021 15h27
A oposição sempre deve existir, apesar de ser sempre desprovida da capacidade intelectual de discutir sobre os fatos.
Comparações indevidas geram conflitos de interesses de quem se opõe à Concessão do SAAE de Penedo

Sempre a democracia deve ser o meio para se discutir as ideias e temas palpitantes entre as pessoas e a própria sociedade. O direto às opiniões contraditórias faz arte do governo do povo, escolhido pelo povo e em defesa do povo.

Esta é a cláusula pétrea da democracia.

Entretanto, contudo, todavia, necessário se faz que as discussões tenham um norte ou ponto central para assim se dá origem ao debate. Os dois lados devem ter no mínimo o mínimo conhecimento sobre o tema ou assunto para que o debate ganha forma e direcionamento para um consenso. Uma opinião que sirva de equilíbrio entre as partes e que atenda ao princípio da solução.

Um dos ingredientes básicos para uma discussão “otimizada” é o conhecimento sobre o tema ou parâmetros que elevem a discussão para o nível do sentido certo da solução. E não se fazer comparações com exemplos onde as situações são completa e totalmente diferentes, podendo o uso dessa parametrização criar divisões de opiniões sem fundamento.

Comparar Penedo com Maceió é um dos grandes erros das partes contrárias à adesão da administração Ronaldo Lopes para com o consórcio que evidentemente ganhará o direito de administrar ao SAAE de Penedo doravante à compra do lote que inclui a autarquia de abastecimento de água de Penedo.

Penedo tem entre 95 e 99% dos prédios abastecidos com água tratada pelo SAAE. E isto não é nem nunca foi a realidade de Maceió. População de Maceió sempre viveu e vive em pé de guerra contra a CASAL e agora contra a BRK. Ainda não vi uma manifestação que informasse ser contra o saneamento básico. Fogo nas vias de acesso e interdição de trânsito sempre foi uma constante em Maceió. Ponto a favor de Penedo. Não somos iguais.

O SAAE de Penedo também não reúne as condições de se autopromover como capacitado para realizar a ordem do Marco Regulatório do Saneamento Básico votado e aprovado, sancionado e que entrará em vigor muito e breve em todo o território nacional. Portanto, é briga inglória.

Por fim, respeitando o direito do contraditório de quem pensa contrariamente à concessão do SAAE de Penedo ao consórcio que ocorrerá em Leilão dentre em breve, que mantenha apenas a sua opinião, já que solução não apresenta porque não existe.

Afinal, como no seriado do “Bem Amado” Nezinho do Jegue tem em todo lugar.

 

 

Autor: Raul Rodrigues

Fonte: correiodopovo-al.com.br