Blogs

Bolsonaro: “quero um partido pra chamar de meu!”

03/04/2021 12h03
Ainda sem partido e pensando ser "convidado" pelas boas performances Bolsonaro amarga quedas em sua popularidade.
Bolsonaro: “quero um partido pra chamar de meu!”

O presidente Jair Messias Bolsonaro, sem partido, em vendo a sua popularidade enfraquecendo pelos errôneos comportamentos e pelas más fadadas falas sobre o tema pandemia, resolve buscar a um partido – sigla partidária – para chamar de seu ou sua. É a sua marca personalíssima que vem e irá derrota-lo nas próximas eleições.

Por outro lado, a terceira via busca nome para não se deixar que a polarização ocorra agora e se espalhe por dois nãos considerados pré-eleitorais. Mas já são dois anos identificados de pré-campanhas, com grandes aparições de políticos antes apenas regionalizados em seus estados, e que por conhecimento profundo e propriedade da área da política já se manifestam diante dos holofotes e das mídias.

Uma nova liderança somente nasce ou se cria quando uma velha apodrece. E isto é a situação do Brasil.

Dentre os nomes que tentam quebrar a possibilidade da polarização antecipada, estão os de: Mandeta, Ciro Gomes em sua série Duro de Morrer, Duro de Matar e O Teimoso, João Doria e suas vacinas, e João Amôedo. Outros livretos em quadrinhos tentam entrar na lista, mas não passam de personagens do Zé Carioca.

Autor: Raul Rodrigues

Fonte: correiodopovo-al.com.br