Blogs

Ao fim da pandemia teremos no Brasil um assustador número de vulneráveis.

16/03/2021 11h52
Infelizmente será a realidade mundial
Ao fim da pandemia teremos no Brasil um assustador número de vulneráveis.

Sempre foi fruto das grandes guerras aos seus finais a geração de um grupo de pobres ou miseráveis como diria Victor Hugo, escritor francês autor de les misérables filhos do abandono social por parte dos governos criadores das próprias guerras.

Vivemos tempos de guerra! A guerra contra o Covid-19 que irá deixar no Brasil uma sequela sem tamanho nas famílias dos desempregados, dos que os pais morreram, ou que os mantenedores se tornaram vítimas fatais do Coronavírus.

O país tem feito por meio do ministro Paulo Guedes um esforço incomensurável para conter a onda dos desempregados, dos que tiveram salários reduzidos, e dos que viviam de bicos, mas que não encontram nem serviços para realizar pela de dinheiro de quem precisa de pequenos reparos.

Caminhamos para um abismo e isto é inevitável. Só não sabemos ainda o tamanho do abismo; mas que caminhamos não há duvida alguma. Muito embora não seja uma exclusividade do nosso país. O mundo está ainda em busca do equilíbrio entre as duas grandes crises: a da saúde e a da economia. Uma depende da outra na mesma proporção e igualdade.

O que precisamos é nos prepararmos para um surgimento de áreas de pobrezas e pessoas em condições de miserabilidade, pois esta sempre foi uma cena dos pós-guerras.

Infelizmente.

Autor: Raul Rodrigues

Fonte: correiodopovo-al.com.br