Blogs

A União entre Rui Palmeira e Antônio Albuquerque: o que altera em AL?

12/05/2022 14h28
Quadro político já pode ser pintado à óleo.
A União entre Rui Palmeira e Antônio Albuquerque: o que altera em AL?

A união entre os nomes de Rui Palmeira e Antônio Albuquerque – e não do PSD com o Republicanos, – pois partidos são meras casas de aluguel –, traz uma maior organização das demais candidaturas ao governo do estado em outubro de 2022.

Eis daí a explicação para que os partidos não tenham tanta importância, o eleitor vota no nome do candidato e não em partidos.

Para Rodrigo Cunha que não tem nenhum município como base eleitoral – isto é um fato – o caldo entorna porque AA tem algumas prefeituras sob o seu legado. E, isto também fere às demais campanhas muito embora Paulo Dantas já soubesse disso.

Em uma disputa pelo governo entre três nomes, não mais que isso – Rui Palmeira, Rodrigo Cunha e Paulo Dantas – a chegada de RP e AA como formadores de uma chapa para governador e vice, deputado federal e senador, as conotações começam a refletirem bem as proposituras de todos.

Caso a união entre Rui Palmeira e Antônio Albuquerque não mexesse na estrutura política das eleições, não haveria sentido para a deputada Jó Pereira alardear o já anunciado com seu nome para vice de Rodrigo Cunha.

A trombeta tocou, mas o som foi o mesmo de sempre. Nada mudou.

Já para Renan Filho e Renan Calheiros a cobrança de uma organização maior em seus propósitos, eleger RF senador e Paulo Dantas governador, diríamos que a visão do campo foi melhorada. É como se pudessem ver o jogo da arquibancada alta de onde se avista melhor as jogadas.

E, para o Rei Arthur, agora ele poderá enxergar com lupa onde seu candidato a governador irá perder e se tem chances de se reverter esses votos à base de muito dinheiro. Lira não detém mais prefeitos que os Calheiros. E quem tem compromisso com Calheiros tem e faz muito tempo, o que torna a missão muito mais difícil.

 

Enfim, com RP e AA definidos, RC e JP agregados, e PD com os Renans, as eleições começam a ter jeito e forma em Alagoas.   

Autor: Raul Rodrigues

Fonte: correiodopovo-al.com.br