Alagoas

Recém-nascido morre de Covid em Alagoas, diz Secretaria da Saúde

17/01/2022 17h33
Bebê de apenas 7 dias não tinha comorbidades. Boletim epidemiológico confirma ainda 416 novos casos conhecidos de Covid.
Recém-nascido morre de Covid em Alagoas, diz Secretaria da Saúde

Um recém-nascido de apenas 7 dias morreu de Covid-19 em Alagoas, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). As mortes do bebê e de um homem de 47 anos foram confirmadas no boletim epidemiológico desta segunda-feira (17), mas a data exata em que elas ocorreram não foi divulgada.

O recém-nascido era natural de Água Branca, no Sertão do estado, não tinha comorbidades e estava internado no Hospital Regional Dr. Clodolfo Rodrigues de Mello, em Santana do Ipanema, na mesma região. A vítima adulta também não tinha comorbidades e morreu no Hospital da Mulher, em Maceió.

Com a confirmação das duas mortes mais recentes, o número de vítimas da doença subiu para 6.395. O boletim também confirmou mais 416 novos casos conhecidos de Covid nas últimas 24 horas, fazendo o total de casos passar para 246.044 casos desde o início da pandemia.

Desse total, 2.043 pacientes estão em tratamento domiciliar. Outras 237.333 pessoas não apresentam mais sintomas da infecção pelo coronavírus e, portanto, já estão recuperadas da doença.

A Sesau monitora ainda 7.547 casos de pacientes em investigação epidemiológica, que aguardam resultado de exames.

Para reforçar o atendimento, o Governo do Estado ampliou o número de leitos para atender, exclusivamente, pacientes com suspeita e confirmação de infecção pelo novo coronavírus e por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), passou de 375 para 389.

A taxa de ocupação geral era de 52% até as 16 horas desta segunda. Em relação aos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), 48% estavam ocupados em Alagoas.

Já na capital alagoana, a ocupação das UTIs era de 63%. Com essa ampliação, Maceió conseguiu reduzir a taxa de domingo, que estava com 83% das unidades ocupadas.

Autor: g1 AL

Fonte: g1.globo.com