Alagoas

Prefeitura de Maceió quer zerar ISS para empresas de ônibus para evitar aumento da passagem

22/09/2021 17h33
Prefeito informou que projeto para retirar o imposto será encaminhado, ainda nesta semana, para a Câmara de Vereadores.
Prefeitura de Maceió quer zerar ISS para empresas de ônibus para evitar aumento da passagem

O prefeito de Maceió, JHC (PSB), informou nesta quarta-feira (22) que pretende conceder isenção total do Imposto Sobre Serviços (ISS) para as empresas de ônibus da capital. O objetivo é evitar aumento do valor da passagem.

O Projeto de Lei para retirar o ISS será encaminhado ainda nesta semana à Câmara de Vereadores de Maceió. Para entrar em vigor, a medida precisa ser aprovada pelos vereadores e depois sancionada pelo prefeito.

“Isso significa evitar o aumento da passagem, mesmo com a alta nos combustíveis. Se os que só falam fizessem sua parte, a vida do povo seria menos sofrida e a passagem do ônibus seria ainda mais barata. Vamos manter uma tarifa justa para a população. Fazer mais com menos nos permitiu um espaço. Abrir mão do imposto sem desequilíbrio”, garante JHC.

O secretário municipal de Economia, João Felipe Borges, explicou que o ISS gera um custo para as empresas de ônibus, por mês, de aproximadamente R$ 600 mil a R$ 1 milhão, o que varia de R$ 7 a R$ 12 milhões por ano.

“Quando zeramos essa alíquota, diminuímos o custo e mantemos o menor preço de passagens entre as capitais do Brasil. Ao zerarmos esses impostos, esse valor não será mais repassado para o sistema de transporte público, teremos o preço da passagem reduzido, impactando diretamente no bolso do maceioense”, informou o secretário.

Autor:

Fonte: g1.globo.com