Alagoas

Mãe pede ajuda para tratar filho que ficou com sequelas após choque elétrico

13/05/2022 07h48
Família não tem condições financeiras para custear tratamento; menino ficou sem falar e sem movimentos no corpo
Mãe pede ajuda para tratar filho que ficou com sequelas após choque elétrico

O pequeno Davi de 10 anos, que foi vítima de um choque elétrico na Praça dos Martírios, Centro de Maceió, recebeu há dias alta médica. Mas as sequelas que ficaram na criança são gravíssimas. O menino não fala e perdeu o movimento do corpo. A mãe pede ajuda financeira para arcar com as despesas do tratamento do filho.

De acordo com a mãe do menino, Márcia, ela precisou deixar o emprego para se dedicar integralmente aos cuidados do menino. Agora, ela sobrevive apenas com R$ 400 provenientes do Auxílio Brasil.

O menino passou três meses internado no Hospital Geral do Estado (HGE) após levar um choque em fios que estavam soltos próximo a um poste, na Praça dos Martírios.

Segundo a mãe, o risco de morte passou, mas agora, é preciso cuidar da recuperação e reabilitação do filho. Ela diz que a rotina tem sido "muito difícil". Ele precisa de um fonoaudiólogo e fisioterapeuta e na casa onde moram não há espaço suficiente para receber a assistência.

"Não tenho cadeira, suporte nenhum. Estamos precisando de tudo. Tem medicação que só dura três a quatro dias", conta à TV Pajuçara.

Para quem quiser ajudar Márcia e o pequeno Davi, a família disponibiliza o pix, em nome de José, cuja chave é o número de celular: (82) 9 9418-7029.

Autor: Mariane Rodrigues

Fonte: gazetaweb.globo.com