Alagoas

Maceió retoma vacinação de adolescentes sem comorbidades contra a Covid

17/09/2021 08h15
Município havia suspendido a aplicação para esse público após recomendação do Ministério da Saúde (MS), mas voltou atrás. Prefeitura diz que segue orientação da Anvisa e conselhos de saúde.
Maceió retoma vacinação de adolescentes sem comorbidades contra a Covid

Maceió retoma nesta sexta-feira (17) a vacinação de adolescentes dos 12 aos 17 anos sem comorbidades. O Município havia suspendido a aplicação para esse público após a orientação do Ministério da Saúde (MS), mas voltou atrás.

Segundo a Secretaria de Saúde de Maceió (SMS), todos os adolescentes de 12 anos sem comorbidades poderão se vacinar nos oito pontos de vacinação distribuídos pela capital. Para a retomada, o Município comunicou que a decisão é baseada em recomendação da Anvisa e de conselhos de saúde.

Os drive-thrus de Jaraguá e Serraria e os shoppings Maceió (Mangabeiras) e Pátio (Cidade Universitária) funcionarão das 9h às 21h. Já na Praça Padre Cícero (Benedito Bentes), Terminal do Osman Loureiro (Clima Bom), Papódromo (Vergel) e Ginásio Arivaldo Maia (Jacintinho) o funcionamento é das 9h às 16h.

Adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades ou deficiência, além de grávidas e puérperas nessa faixa etária com prescrição médica também podem receber a primeira dose da vacina em qualquer um dos oito pontos fixos. Os demais públicos remanescentes também podem se vacinar.

A orientação do Ministério da Saúde é para que a vacinação fique restrita a três grupos: adolescentes com deficiência permanente, adolescentes com comorbidades e adolescentes que estejam privados de liberdade.

A nova recomendação do ministério contraria outra, do dia 2 de setembro, que orientava a imunização dos jovens entre 12 e 17 anos. A nova decisão foi tomada dentro de um contexto de aumento dos relatos de falta de vacinas no país, sobretudo para a segunda dose.

 

Governo suspende vacinação

Na tarde de quinta, o Governo de Alagoas suspendeu a vacinação de adolescentes sem comorbidades. A capital chegou a suspender a aplicação na quinta, mas depois decidiu manter a imunização para esse público.

“Vamos dar continuidade à vacinação desses adolescentes levando em consideração que o próprio Ministério da Saúde e a Anvisa liberaram a vacinação com o imunizante da Pfizer, que é o que estamos utilizando. Maceió segue pronta para vacinar a população com responsabilidade e cuidado, sempre prezando pelas vidas e agindo com responsabilidade e cuidado”, enfatizou o coordenador do Gabinete de Gestão Integrada para Enfrentamento da Covid-19, Claydson Moura.

Autor:

Fonte: g1.globo.com