Assim aconteceu

Será que você é capaz de interpretar verdades? Interprete da empresa falida depois da política.

E assim acontece sempre que o povo é o "Ouro do Tolo"!

11/07/2018 por Por Raul Rodrigues

Nos idos de 1970 uma grande empresa foi fundada por um grupo de empresários – clã familiar – nos áureos tempos em que a produção de algodão era um grande negócio se vendido para a indústria têxtil. Fábrica de tecidos. Por décadas a fio a empresa permaneceu em pleno desenvolvimento. E um dos seus sócios aos poucos se tornando simpático ao povo inocente do vilarejo.

Passadas três décadas o tal empresário começou a investir em política. Na política local. E depois, aí sim, certo de que seria capaz de chefe político se candidatou. A empresa sempre forte em seu “desenvolvimento” era a sua marca como administrador. Assim foi visto pela população tola do vilarejo.

Passadas algumas vezes em mandatos, o feliz empresário começou a amargar derrotas políticas e sua empresa inexplicavelmente começou a afundar em dívidas, muito embora o feliz empresário continuasse com sua pose e pompa.

Eis então que a empresa entra em concordata – falência judicial – para que se estipulem prazos para que o mesmo venha a quitar os débitos da empresa com os credores e assim foi feito. Legalmente o empresário estava protegido pela lei diante dos seus credores e sua empresa livre de uma falência de verdade. De fato estava falida, mas legalmente em recuperação.

O interessante desse desfecho foi a “infeliz coincidência” de a empresa falir justamente quando mais tempo o empresário ficou longe do mandato eletivo. As explicações da falência: o clima, derrubando a produção de algodão, os preços praticados no mercado, antes sempre amparado por “subsídios” dos governos, e dos empréstimos aos bancos oficiais – do governo – cujos débitos sempre coincidiram com anistias pelas intempéries. Muito embora o patrimônio dos empresários se ampliasse em apartamentos de luxo, casas de praia, e os possantes automóveis da moda. 

Lição da época: quem não ouve ou não enxerga as verdades será sempre o admirador; nunca o admirado!
 


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: será que você é capaz de interpretar verdades? interprete da empresa falida depois da política.