Tanto Beltrão quanto Toledo estão apoiando gente

As questões que Március e Alexandre nunca explicaram

Em resumo, se os penedenses viverem de memória curta é hora lembrar um pouco.

26/06/2018 por Por Raul Rodrigues
E assim caminha Penedo

As duas maiores lideranças dos últimos vinte e quatro anos em Penedo, Március Beltrão e Alexandre Toledo, nunca explicaram para o povo porque seus processos na justiça demoram tanto para serem conclusos. Mas esta é uma marca da justiça no país e não necessariamente do judiciário de Penedo.

Entretanto, duas outras marcas ainda estão no “silêncio dos inocentes” enquanto o povo pensa que tudo é normal. Mas determinados fatos não são normais. Principalmente quando envolvem dinheiro, e muito dinheiro.

Március nunca explicou ao povo de Penedo a FARRA DOS COMBUSTIVEIS que passam de milhões de reais. Alexandre Toledo nunca explicou também os milhões deixados de rombo na prefeitura quando da assunção de Israel Saldanha. Os dois deixaram rastros em forma de milhões.

Március pode ter a desculpa de dizer que a justiça está apurando. Afinal a FARRA DOS COMBUSTÍVEIS foi denunciada ao Ministério Público Estadual, que se torna a partir da denúncia o responsável pela apuração.

Alexandre Toledo nuca em tempo algum ousou tocar no assunto. E seu sucessor, Israel Saldanha que ensaiou falar sobre o assunto, calou-se o assunto mesmo tendo dilapidado o seu patrimônio pessoal para quitar débitos de campanha, que segundo contam nos dados, foram gerados pela chapa Israel e Ivana, mas que terminou em samba de uma nota só.

Mas será que os penedenses não se lembram desses fatos?

Március voltou para a prefeitura e desenvolveu depois a FARRA DAS QUENTINHAS, Alexandre, quem sabe, espera um breve retorno para renunciar de novo e dizer ao povo: “estou saindo para um voo mais alto e assim poder ajudar Penedo com mais recursos”!

Falam que a candidatura de Toledo depois da renúncia, termo técnico, teve grandes despesas na campanha para deputado federal. Há até quem diga foram alguns milhões. 


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: as questões que március e alexandre nunca explicaram