Proteção ao trabalhador

Patrão deve pagar salário após fim do auxílio-doença

Mesmo se considerar que o empregado não está apto, patrão tem de pagar salário, segundo decisão da Justiça

12/06/2018 por Cristiane Gercina

O patrão que não aceitar o funcionário de volta após o fim do auxílio-doença deverá pagar o seu salário.

Esse tem sido o entendimento da Justiça sobre o chamado "limbo previdenciário", que é quando o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) dá alta para o trabalhador, mas o médico do trabalho contratado pela empresa não o considera apto para voltar às suas funções.

Em decisão recente, o TRT 2 (Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região), que atende o município de São Paulo, deu ganho de causa a uma trabalhadora do ramo financeiro que ficou um ano afastada, recebendo auxílio-doença.

Quando teve alta, o empregador não a aceitou de volta.

Nesse período, ela não recebeu nem o auxílio nem o salário e foi ao Judiciário.


Fonte: agora.uol.com.br

Tags: patrão deve pagar salário após fim do auxílio-doença