Sem seguranças particulares

Greve dos vigilantes continua e pode atingir shoppings e indústrias da capital

José Cícero Ferreira, presidente do Sindicato dos Vigilantes de Alagoas diz que greve continua

12/06/2018 por Raissa França

A greve dos vigilantes que atuam nas agências bancárias em Maceió continua e pode atingir, também, shoppings e indústrias. A informação foi confirmada nesta terça-feira (12) pelo presidente Sindicato dos Vigilantes de Alagoas, José Cícero Ferreira.

Segundo Ferreira, ainda não há uma definição de quando eles podem paralisar esses serviços, mas garantiu que alguma medida será tomada. “Ainda estamos avaliando se vamos parar os shoppings e indústrias ou se vamos continuar apenas com os bancos”.

Ferreira também informou que a paralisação não tem data para terminar, mas que na próxima segunda-feira (18), o sindicato vai ter uma reunião com o presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) para ouvir as propostas. Mas, segundo ele, até lá a greve fica mantida.

Ainda de acordo com o presidente do sindicato, desde janeiro que a categoria vem solicitando das empresas um canal de negociação para atender as reivindicações da categoria, mas o pedido não foi atendido.

As empresas, segundo Ferreira, estão retirando alguns direitos dos trabalhadores e colocando em práticas pontos aprovados na reforma trabalhista.

“Nós estamos pedindo um aumento de 7%, plano de saúde e melhor condições de trabalho. As empresas não querem negociar e nos vamos ampliar a mobilização”, colocou Ferreira.


Fonte: cadaminuto.com.br

Tags: greve dos vigilantes continua e pode atingir shoppings e indústrias da capital